Governo da Madeira celebra 14 protocolos de 300 mil euros para festas de carnaval

O executivo madeirense concedeu tolerância de ponto a 25 de fevereiro e na manhã de 26 de fevereiro para todos os serviços, institutos públicos e empresas públicas do Governo Regional “sem prejuízo de serem assegurados todos os serviços e atividades imprescindíveis ou indispensáveis”.

O Governo Regional da Madeira celebrou 14 protocolos de promoção e animação turística, que totalizam 300 mil euros, para as festas de carnaval e para o cortejo alegórico.

As entidades abrangidas por estes protocolos são as seguintes:

– Associação Musical, Cultural e Recreativa e Coro de Câmara de Câmara de Lobos
– João Sílvio Ferreira
– Associação Fura Samba
– Associação de Animação Geringonça
– Escola de Samba Caneca Furada
– Os Cariocas – Associação Cultural e Recreativa, Escola de Samba
– João Egídio Andrade Rodrigues
– Associação ANIMAD
– Associação Cultural Império da Ilha
– Associação de Animação Tramas e Enredos
– João dos Santos Encarnação Mendes (Sorrisos de Fantasia)
– Marisa Alves Fernandes (Sweet Dancers)
– Associação de Batucada da Madeira – ABM
– Glamorous Proposal Associação Cultural e Recreativa (Trupe Dance Flavour by Francis e Yvonne Cardoso)

O executivo madeirense decretou ainda tolerância de ponto para 25 de fevereiro e para a manhã de 26 de fevereiro, em “todos os serviços, institutos públicos e empresas públicas” do Governo Regional “sem prejuízo de serem assegurados todos os serviços e atividades imprescindíveis ou indispensáveis”.

Recomendadas

Pedro Ramos tranquiliza população e diz que Madeira tem capacidade de resposta para coronavírus

O secretário regional da saúde diz que a Madeira tem uma linha de emergência, fluxogramas para os portos, aeroportos, e marinas, para situações de casos suspeitos ou positivos, e sobre a forma como transporte deve ser feito, em situações de detecção ou suspeita de coronavírus.

“Temos de nos diferenciar pelas caraterísticas intrínsecas do destino Madeira”, aponta Sérgio Gonçalves

Em entrevista ao Económico Madeira, que saiu na edição impressa deste mês, Sérgio Gonçalves apontou que o caminho passa pela Região se focar naquilo que é genuíno e autêntico do destino, realçando aqui a vertente da Natureza.

Mário Pereira de saída da direção clínica do SESARAM

O nome do ex-deputado para ocupar este cargo foi sempre muito contestado, principalmente por grande parte dos diretores de serviço do SESARAM, sendo que alguns até chegaram a apresentar a sua demissão.
Comentários