Governo da Madeira pondera realização de dois testes ao covid-19 e quarentena para equipas que se desloquem para fora da região

O desporto e as deslocações de equipas não profissionais para fora da região está a preocupar o presidente do Governo da Madeira. Albuquerque diz que os atletas estão em contacto com zonas de risco e quando voltam à região deslocam-se para as escolas ou locais de trabalho. O líder do executivo regional vincou que vai tomar todas as medidas necessárias para evitar um descontrolo do coronavírus na região.

O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, diz que vai tomar as medidas necessárias para evitar um descontrolo dos casos de coronavírus na região. O desporto e as equipas não profissionais é um dos assuntos que preocupa o governante. O líder do executivo madeirense disse que está a ser ponderada da realização de dois testes às equipas não profissionais que se desloquem ao território continental para competições desportivas.

“Os atletas contactam com zonas de risco. Vamos tomar medidas para prevenir que na Madeira não há contágios, sobretudo nas escolas ou noutras áreas ou zonas de trabalho”, explicou o governante.

“As equipas não profissionais jogam e depois as pessoas têm o seu trabalho, vão para a escola ou para o trabalho. Na eventualidade de terem de se descolar, vão ter que fazer dois testes, e ficar em quarentena. Não vou arriscar um milímetro. Vou tomar todas as medidas necessárias para salvaguardar a saúde da população. Comigo não contam com situações de descontrolo por falta de coragem de tomar medidas”, vincou o líder do executivo madeirense.

O presidente do Governo da Madeira disse que o executivo está a trabalhar na sensibilização das associações e federações desportivas para o “risco que estão a tomar” com este tipo de deslocações, e voltou a vincar que neste momento “não podemos arriscar nada”.

Albuquerque diz que “isto não é uma questão de sensibilidade. Isto é uma questão de inteligência, e de racionalidade, e de saber o que é mais importante salvaguardarmos. É mais importante ter uma situação caótica numa escola, e uma equipa toda contaminada que depois contamina os pais e avós? Isto é uma questão simples.”

O líder do executivo madeirense sublinhou que já estava à espera de um aumento no número de casos importados de coronavírus, “visto ter aumentado o fluxo de entrada” na Madeira, e aconselhou os residentes a “só viajar se for mesmo necessário”.

O governante alertou que esta ideia que está a ser difundida de que “o covid-19 é inofensivo e não afeta os jovens não é verdade. já há muitos mortes em faixas etárias baixas, e com saúde”, e reforçou que existe um pico na europa e continente, “e é preciso ter muito cuidado”.

Ler mais
Recomendadas

Madeira ultrapassa 800 positivos e 600 recuperações de covid-19

A Madeira teve 13 novos casos de coronavírus e 10 recuperações. A região tem 207 casos ativos, 40 importados e 167 de transmissão local.

Siga estas dicas para poupar em época de natal

Conseguir comprar o presente que tanto ambiciona por um preço mais baixo pode ser uma realidade. Atualmente os saldos podem realizar-se em qualquer época, desde que, no total, não durem mais do que quatro meses por ano, portanto é possível poupar dinheiro com as reduções de preço.

Sara Cerdas eleita eurodeputada do ano na categoria de saúde

A eurodeputada comprometeu-se a continuar a trabalhar “para tornar a saúde uma prioridade europeia e lutar por uma verdadeira União Europeia da saúde, que não deixe ninguém para trás”.
Comentários