Governo pondera novas medidas para combater pandemia. Ministros reúnem-se no sábado

O primeiro-ministro vai reunir-se com os partidos parlamentares na sexta-feira. Governo reúne-se no sábado para aprovar mais medidas de combate à pandemia, avança o Expresso e a RTP.

António Costa | Twitter

O Expresso avança hoje que o Governo está a ponderar novas medidas para combater a pandemia da Covid-19, perante o aumento do número de casos de infetados.

O primeiro-ministro já marcou audiência com os partidos parlamentares na sexta-feira. Para sábado, vai ter lugar um Conselho de Ministros extraordinário com o objetivo de aprovar mais medidas para combater a pandemia, segundo o Expresso.

A ministra da Saúde, Marta Temido, e a da Presidência, Mariana Vieira da Silva, estão a ouvir especialistas sobre o disparo no número de casos e as formas para mitigar a pandemia, segundo a RTP.

O canal público também avança que o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, está a ouvir os parceiros sociais – patrões e sindicatos – sobre esta questão, devido aos impactos que pode vir a ter na economia.

O número de novos casos de Covid-19 em Portugal não para de aumentar na última semana batendo vários recordes sucessivos, com o máximo a ser atingido a 24 de outubro: 3.299 casos e 28 vítimas mortais (27 de outubro); 2.447 casos e 27 mortes (26 de outubro); 2.577 novos casos e 19 mortes (25 de outubro); 3.669 casos e 21 mortes (24 de outubro); 2.889 casos e 31 mortes (23 de outubro); 3.270 casos e 16 mortes (22 de outubro); 2.535 casos e 16 mortes (21 de outubro); 1.949 casos e 17 mortes (20 de outubro).

Recomendadas

Covid-19: Mais de 530 mil pessoas vacinadas na região Centro

João Paulo Rebelo falava no âmbito de uma visita que realizou aos concelhos do Fundão e da Covilhã, no distrito de Castelo Branco, e que também contou com a presença do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, e da secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira.

“Governo beneficia casinos mas esquece os trabalhadores”, diz federação intersindical

A Federação intersindical do setor do turismo exige medidas de apoio aos trabalhadores dos casinos, depois do Executivo ter decidido isentar estes estabelecimentos do pagamento do imposto de jogo e prolongado as concessões dos casinos de Lisboa, Estoril e Figueira da Foz, que terminaram a 31 de dezembro de 2020. FESAHT acusa o Governo: “aos patrões do jogo dá tudo, tudo, aos trabalhadores dá nada, nada”.

EUA: Produção industrial sobe pelo segundo mês seguido, apesar de constrangimentos no sector automóvel

A indústria norte-americana beneficiou com a reabertura de várias fábricas dos estados do sul afetados pela tempestade de fevereiro, mas a indústria automóvel penalizou o resultado final, com uma queda de 4,3% na produção a refletir as dificuldades causadas pelos atrasos no fornecimento de chips.
Comentários