Governo português reconhece Juan Guaidó mas presidente interino terá de convocar eleições

Portugal juntou-se aos vários países europeus que já reconheceram Juan Guaidó como presidente interino. Governo português considera que esta decisão é a que melhor defende os “interesses da vasta comunidade luso-venezuelana”,