Governo recebeu mais de 1.200 pedidos de apoio para comprar carro elétrico até agosto

O Fundo Ambiental recebeu, até esta quarta-feira, 1.243 candidaturas de apoio à aquisição de veículos elétricos, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério do Ambiente. Trata-se de um aumento de 50% face ao período homólogo.

O número de pedidos de apoio para comprar veículos elétricos aumentou 50% quando comparado com o período homólogo do ano passado. Até esta quarta-feira, 22 de agosto, o Fundo Ambiental já recebeu 1.243 candidaturas à ajuda do Governo português.

Os dados, divulgados hoje pelo Ministério do Ambiente, mostram que este auxílio público está a conquistar cada vez mais interessados, e segue em linha com a subida nas vendas deste tipo de automóveis. Segundo a Associação do Comércio Automóvel de Portugal, a venda de viaturas elétricas quase triplicou (+170,9%) em Portugal entre os meses de janeiro e abril, para 1.184 veículos.

O gabinete de João Pedro Matos Fernandes salienta, em comunicado, que o programa está aberto a candidaturas de pessoas singulares – para apoio à aquisição de uma unidade – ou coletivas – destinado a um máximo de cinco unidades e que este ano dá igualmente auxílio à compra de ciclomotores e motociclos híbridos.

O Fundo Ambiental, criado em 2016 a partir de quatro outros fundos geridos pelo Ministério do Ambiente, disponibiliza 2.250 euros para comprar carros elétricos e apoia em 20% (até o máximo de 400 euros) a compra de veículos de duas rodas.

Recomendadas

Greta Thunberg e dezenas de milhares de jovens paralisam Hamburgo

A jovem sueca liderou a enorme manifestação que paralisou o centro da cidade durante horas, levando um cartaz onde se lia “Salvar o clima, salvar Hamburgo”.

Quercus alerta para riscos de confetis e glitter no ambiente no dia de Carnaval

Os confetis de plástico e os glitter são as principais preocupações para associação ambientalista na noite de Carnaval. Quercus apela para que se opte por opções biodegradáveis ou feitas de papel.

5,3 mil milhões de euros. Portugal a meio da tabela europeia na cobrança de impostos ambientais

No total dos 27 Estados-membros registou-se um encaixe total de 324,6 mil milhões de euros com impostos ambientais, mais 3% face a 2017 e um valor que representa 2,4% do PIB.
Comentários