Governo Regional da Madeira aprova 84 mil e 500 euros em contratos-programa

São três contratos-programa no valor de 60 mil, 15 mil e 9 mil e 500 euros.

O Governo Regional da Madeira aprovou esta quinta-feira em Conselho de Governo um montante total de 84 mil e 500 euros em contratos-programa.

A maior fatia deste valor vai para um contrato-programa entre o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza e a Associação de Criadores de Gado das Serras do Poiso, no valor de 60 mil euros. O dinheiro destina-se a ações de proteção, conservação e gestão florestal e dos recursos silvo-pastoris prosseguidas por esta associação no Perímetro Florestal das Serras do Poiso.

O Executivo regional autorizou ainda a celebração de um contrato-programa com a Associação da Costa Oeste (ACOESTE), com vista a assegurar as condições mínimas ao seu normal funcionamento, e a prossecução das atividades prosseguidas estatutariamente. Neste sentido, será concedida uma comparticipação financeira de 15 mil euros.

Por fim, há 9 mil e 500 euros que se destinam à Confraria Enogastronómica da Madeira, como objetivo de assegurar a prossecução do evento ‘XIX Grande Capítulo’.

Recomendadas

Madeira: Governo Regional falha promessa aos pensionistas e reformados, denuncia JPP

O deputado afirma que a situação económica de muitas famílias madeirenses é sensível e que muitos lares da Madeira e do Porto Santo passam por muitas carências económicas, com problemas de desemprego e que seria urgente cumprir, o mais rapidamente possível, essa valência social.

Madeira quer fundos comunitários para tecnologia e inovação na agricultura

Verbas comunitárias seriam canalizadas para melhorar a rentabilidade da produção e aumentar a qualidade do produto.

Miguel Albuquerque: Novo regime do lay off é boa notícia para as empresas da Madeira

O governante salientou que “é um bom regime” e que este será complementado na Região Autónoma da Madeira, tanto pelos sistemas de apoio que já existem, como por um apoio complementar para o funcionamento das empresas que deverá ainda ser anunciado.
Comentários