Governo Regional da Madeira investe 7,8 milhões de euros em obra na Escola da Ribeira Brava

Relativamente a próximas obras no concelho da Ribeira Brava, Pedro Fino, avançou que na Tabua há uma obra em curso para a canalização da ribeira e que a estrada regional vai ser consolidada no próximo ano.

O Governo Regional da Madeira investiu 7,8 milhões de euros numa obra na Escola da Ribeira Brava. O Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, explicou esta sexta-feira, que a escola vai passar a ter 40 salas de aula e um auditório, para servir a comunidade escolar, bem como a população em geral, um polidesportivo, vai criar acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida e proporcionar mais estacionamentos à escola.

“A conclusão da primeira fase da obra vai acontecer no primeiro trimestre do próximo ano, e depois em dezembro, do próximo ano, está prevista a conclusão da segunda fase. Este faseamento permite que a escola tenha um funcionamento regular e que o sistema de refeições para os alunos seja mantido”, afirmou o Secretário.

Já o Secretário Regional da Educação, Ciência e Tecnologia, Jorge Carvalho, realça que a obra vai responder aos desafios futuros “e vem criar excelentes condições para que os alunos do concelho da Ribeira Brava possam usufruir de um excelente espaço para a sua formação”.

Relativamente a próximas obras no concelho da Ribeira Brava, Pedro Fino, avançou que na Tabua há uma obra em curso para a canalização da ribeira e que a estrada regional vai ser consolidada no próximo ano.

Recomendadas

Funchal distinguido com bandeira verde ECO

A distinção foi feita pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), e leva em conta fatores como a educação ambiental, a sustentabilidade, a gestão dos resíduos, a mobilidade sustentável, a eficiência energética.

Madeira tem de encontrar novas experiências e segmentos no turismo

Durante a conferência da APAVT o consultor da EY, Augusto Mateus, defendeu que a madeira é “muito competente” em determinado tipo de turismo, mas que “isso não é suficiente” para a missão da Madeira.

Força de trabalho na Madeira com mais pessoas e melhor remunerados

O salário médio na Madeira atingiu mil euros e 78 cêntimos, mais 1,4%, face ao período homólogo, sendo que as empresas com maior dimensão foram as que melhor pagavam. 81% estavam afetos ao sector terciário.
Comentários