PremiumGrandes questões a seguir na noite eleitoral além do vencedor

Não fosse a pandemia e a grande questão da noite de domingo seria se Marcelo Rebelo de Sousa conseguiria roubar a Mário Soares o título de Presidente eleito com a maior percentagem de votos desde 1974, quando em 1991 o histórico socialista foi eleito com 70,35%

Não fosse a pandemia e a grande questão da noite de domingo seria se Marcelo Rebelo de Sousa conseguiria roubar a Mário Soares o título de Presidente eleito com a maior percentagem de votos desde 1974, quando em 1991 o histórico socialista foi eleito com 70,35%. Não devendo conseguir concorrer também ao ranking da reeleição com a maior margem, os resultados de domingo irão demonstrar não só se a possível abstenção recorde não irá obrigar a uma segunda volta (ver texto ao lado), mas também se o candidato que todas as sondagens apontam como vencedor irá conseguir superar a percentagem alcançada nas últimas eleições e se a margem de distância que o irá separar do segundo lugar será ou não inferior à de 2016.

Mas uma noite eleitoral não se esgota no grande resultado e há segundas leituras a fazer. A disputa do segundo lugar entre a socialista e ex-diplomata Ana Gomes e o líder do Chega, André Ventura, dará importantes pistas sobre o futuro da política nacional nos próximos anos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Covid-19: PCP quer apoios a 100% para pais “imediatamante e com efeitos retroativos”

Intervindo numa sessão pública, em Lisboa, Jerónimo de Sousa lamentou que “PS, PSD e CDS-PP” tenham rejeitado na Assembleia da República a proposta do PCP que previa “o pagamento do salário a 100% a quem está em assistência a filhos até aos 16 anos, enquanto as escolas se mantiverem encerradas”, devido à pandemia de Covid-19.
catarina_martins_oe_2020

Covid-19: Catarina Martins faz um apelo a Costa para que estenda já as moratórias

“Deixo aqui hoje este apelo a António Costa: não espere que seja tarde demais, não espere pelo início dos despejos e das falências. As moratórias têm de ser estendidas já”, num comício maioritariamente virtual que assinalou o encerramento da conferência autárquica online e os 22 anos do BE, que comemora no domingo a sua fundação.

Covid-19: Uma centena de manifestantes anticonfinamento em Lisboa

À Lusa, o comissário Santos, da PSP, referiu que a concentração, promovida pelo Movimento Habeas Corpus, associado aos Juristas pela Verdade, chegou a reunir “cerca de cem pessoas”, por volta das 13h00, e que há meia hora estariam ainda 35 manifestantes no local.
Comentários