Greta chega hoje a Lisboa. Conheça as polémicas da jovem ativista

Lisboa e Nova Iorque estão separadas por 21 dias, à velocidade de cruzeiro do ‘La Vagabonde’, onde a jovem ativista de 16 anos se encontra. Greta Thunberg chega esta terça-feira a Lisboa.

Nasceu em 2003 na Suécia e começou a greve escolar pelo clima em 2018. Das escadas do Parlamento sueco a Nova Iorque, e agora até à Doca de Santo de Amaro, em Lisboa, Greta Thunberg chega esta terça-feira, 3 de dezembro, à capital portuguesa. Apesar de o destino final ser Madrid, onde vai participar na Cimeira das Nações Unidas para as Alterações Climáticas, a jovem ativista de 16 anos vai fazer uma paragem em Lisboa para descansar e recuperar da viagem de 21 dias.

Greta Thumberg vai participar numa conferência de imprensa, juntamente com outros ativistas. Ao contrário do que chegou a ser referido, não vai ser recebida no Parlamento. E o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já fez saber que não vai ao encontro da jovem ativista, para evitar que se faça “aproveitamento político”.

Mas apesar da agradável viagem de barco, a vida política da ativista sueca nos últimos tempos não tem sido pautada pela facilidade, mas sim pelas críticas de figuras públicas. O último caso foi Jeremy Clarkson, ex-apresentador do Top Gear, que acusou Greta de estar a “matar o espetáculo dos carros” com os seus discursos.

Agora apresentador de ‘The Grand Tour’, Clarkson afirmou que a jovem é uma “idiota” e que os jovens com menos de 25 anos “não têm o mais pequeno interesse em carros” e que desde pequenos que estão habituados a ouvir que “os carros são o diabo”. Também o apresentador Richard Hammond concorda com Clarkson, que questionou que “quantas crianças estão a crescer com posters de automóveis nas paredes dos seus quartos?”.

Donald Trump tem sido um dos mais críticos da jovem sueca. Como não acredita nas alterações climáticas e no aquecimento global, o presidente dos EUA ignorou os avisos e o discurso de 10 minutos da ativista, afirmando que “ela parece uma rapariga muito feliz e à espera de um futuro brilhante e maravilhoso”. Mais tarde, e após o encontro de Greta em Nova Iorque, a ativista alterou a descrição da rede social para “uma rapariga muito feliz à espera de um futuro brilhante”.

Greta Thunberg pode ser apontada como um alvo fácil por ser detentora do síndrome de Asperger, uma doença dentro do espectro do autismo. “Tenho Asperger e isso significa que às vezes sou um bocado diferente da norma”, explicou. No entanto, parece que nem todas as figuras públicas souberam reagir à declaração de Greta, sendo que Michael Knowles, comentador político da Fox News, afirmou que a jovem era “mentalmente doente”.

O famoso comentador britânico Piers Morgan estava a falar sobre o grupo Extinction Rebellion quando foi interrompido pela co-apresentadora. “Como te atreves, como te atreves?”, disse Piers Morgan, imitando a reação da ativista de 16 anos na conferência da ONU em Nova Iorque. “Roubaste-me a minha manhã, roubaste-me o tempo de antena”, continuou o apresentador britânico, imitando Thunberg quando esta exclamou “roubaram-me a infância”.

A ativista de 16 anos, que chega a Lisboa, utilizou a tática que usou com Trump também com Vladimir Putin. O presidente russo afirmou que Thunberg era “uma rapariga simpática e muito sincera” mas que não compreendia as “complexidades” do mundo moderno. Mais tarde, e à semelhança do que aconteceu com Trump, a rapariga sueca alterou a sua definição na biografia do Twitter, onde posteriormente se podia ler “uma adolescente simpática mas mal informada”.

Ler mais
Relacionadas

Greta Thunberg chega à Doca de Alcântara na manhã de terça-feira

Greta Thunberg foi convidada também para estar presente numa sessão na Assembleia da República, mas não confirmou ainda a sua presença

Greta Thunberg é “muito bem-vinda” a Portugal, diz ministro do Ambiente

“Greta Thunberg é muito bem-vinda a Portugal e sobretudo aquilo que ela tem feito é da maior relevância para consciencializar os mais jovens e também os menos jovens para a necessidade de um compromisso por uma sociedade neutra em carbono”, declarou Matos Fernandes.

Greta Thunberg chega a Portugal de veleiro em dezembro

Ativista sueca aceitou convite para participar numa sessão na Assembleia da República promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de dezembro e conhecer membros da Greve Climática Estudantil portuguesa.
Recomendadas

Banco Europeu de Investimento co-financia com 45 milhões de euros três parques eólicos da EDP Renováveis

O financiamento do BEI vai permitir à empresa liderada por João Manso Neto contribuir na prossecução do Plano Nacional de Ação para as Energias Renováveis por parte do Governo.

Carris vai ter seis autocarros movidos com óleos alimentares usados

Esta iniciativa está inserida no projeto ‘Movido a Biodiesel’, uma iniciativa conjunta da Carris e da Prio para promoção da mobilidade sustentável nas cidades.

Representantes portugueses da Comissão Europeia: “Pacto verde é o verdadeiro plano de desenvolvimento económico da UE”

Para os representantes da Comissão Europeia em Portugal, o Pacto Verde Europeu abre portas para grandes oportunidades de investimento em Portugal nas áreas das energias renováveis offshore e melhor gestão florestal.
Comentários