Greta Thunberg vai ao parlamento português entre final do mês e início de dezembro

Há uma semana, os deputados da comissão parlamentar de Ambiente aprovaram, por unanimidade, a proposta para a vinda da ativista sueca a Portugal.

REUTERS/Vincent Kessler

A ativista sueca Greta Thunberg aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de dezembro.

Segundo disse esta terça-feira à agência Lusa o presidente da comissão parlamentar, José Maria Cardoso, “houve recetividade” por parte dos representantes da ativista ao convite feito pelos deputados, pelo que Greta Thunberg deverá estar no parlamento “entre o final deste mês e os primeiros dias de dezembro”.

Há uma semana, os deputados da comissão parlamentar de Ambiente aprovaram, por unanimidade, a proposta para a vinda da ativista sueca Greta Thunberg a Portugal.

A proposta, apresentada pelo presidente da Comissão de Ambiente, teve aprovação unânime dos deputados e foi aceite pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, disse José Maria Cardoso.

O deputado do Bloco de Esquerda que preside à comissão explicou que “a sessão não tem data em concreto” devido a “condicionalismos” relacionados com o meio de transporte da ativista, que se desloca de veleiro.

Em setembro de 2018, Greta Thunberg iniciou uma greve escolar em frente ao parlamento sueco para exigir medidas contra as alterações climáticas, que inspiraram um movimento global e levaram-na a ser recebida pelos líderes mundiais e a participar de conferências de alto nível.

Ler mais
Relacionadas

Deputados da comissão de Ambiente aprovam vinda de Greta a Portugal

“Foi uma proposta apresentada por mim e aprovada por unanimidade, que foi assumida por toda a comissão. Esta é uma vontade que vem já da anterior legislatura”, disse José Maria Cardoso, em declarações à Lusa.

Ativista ambiental Greta Thunberg vai passar pelos Açores a caminho de Espanha

“Agora, em direção aos Açores”, lê-se na última linha da publicação da ativista, que está a bordo do barco que não tem emissões poluentes.
Recomendadas

Conselho de Ministros autoriza verba para retirada dos resíduos industriais de São Pedro da Cova

A despesa para a remoção das toneladas de resíduos industriais perigosos depositadas em São Pedro da Cova, concelho de Gondomar, foi esta quinta-feira autorizada pelo Conselho de Ministros.

Portugal e Espanha vão ter reuniões trimestrais sobre bacia do Tejo

Portugal e Espanha decidiram esta quarta-feira fazer reuniões trimestrais sobre o rio Tejo, depois de nos últimos meses ter havido divergências entre os dois países sobre a gestão do caudal.

Lisboa aprova regulamento que proíbe servir produtos em recipientes de plástico não reciclável

O regulamento proposto pela autarquia, liderada pelo PS, mereceu os votos favoráveis dos socialistas, BE, PEV e de sete deputados independentes, a abstenção do PAN e os votos contra do PCP, PSD, PPM, MPT, CDS-PP e de três eleitos independentes. Conheça as principais medidas e coimas.
Comentários