Grupo IDS passa a acionista de referência da Teixeira Duarte

A IDS, que passou a controlar mais de 2% do capital da construtora, é liderada por António Eduardo dos Santos Sardo, e opera nas áreas de imobiliário, financeira e ‘private equity’.

O Grupo IDS, com sede em Vila Nova de Gaia, passou a ser um acionista de referência da construtora Teixeira Duarte, anunciou hoje a empresa cotada em comunicado enviado há minutos à CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

De acordo com esse comunicado, a Teixeira Duarte, S. A. informou que recebeu nos dias 5, 6 e 7 de fevereiro de 2020, informações da IDS, SGPS, S.A., de que detinha 8.937.723 acções da construtora, representativas de 2,1280 % do capital social da Teixeira Duarte, S.A., e 2,1280% dos respectivos direitos de voto”.

“A participação da IDS SGPS, S.A. ultrapassa assim, o patamar de 2% a partir deste dia, 5 de Fevereiro de 2020”, adianta o referido comunicado da Teixeira Duarte.

A IDS é liderada por António Eduardo dos Santos Sardo, e opera nas áreas de imobiliário, financeira e ‘private equity’.

Recomendadas

Proveitos da Teixeira Duarte cresceram 3% em 2019, para 1.050 milhões de euros

Em 2019, o volume de negócios do grupo atingiu 877 milhões de euros, um ligeiro incremento de 0,4% face a 2018. Neste indicador, “o bom desempenho na construção e nas concessões e serviços permitiram uma ligeira subida do valor global apurado”.

Construtora portuguesa distinguida com obra no hipódromo de Paris

O hipódromo de Paris Longchamp é reconhecido internacionalmente como um dos mais exigentes circuitos de corridas de cavalos a nível mundial.

Ordem dos Engenheiros avança com recomendações para prevenção nos estaleiros de construção

A instituição liderada por Mineiro Aires considera que, “para que o setor mantenha a sua atividade, torna-se imprescindível que os donos de obra e as empresas estejam conscientes e informadas das medidas necessárias à prevenção do contágio, estendidas a toda a cadeia de subcontratação e por todos aqueles que diariamente desenvolvem atividade nos estaleiros”.
Comentários