Grupo Leya abre plataformas de ensino digital a professores e alunos que vão entrar em confinamento

A Aula Digital conta atualmente com cerca de um milhão de utilizadores ativos, refere a Leya.

Perante a decisão de encerramento das escolas anunciada esta quinta-feira pelo Governo, a LeYa Educação voltou a tomar a iniciativa de abrir gratuitamente, a todos os professores e alunos, a plataforma de ensino Aula Digital, diz a editora em comunicado.

O primeiro-ministro anunciou hoje que as creches, os ATL, as escolas e as universidades vão fechar durante 15 dias a partir de sexta-feira. O encerramento de todos os níveis de ensino será, na prática, um período de férias que será compensado noutro período de férias. Não haverá ensino à distância durante estes 15 dias.

O anúncio foi feito pelo António Costa esta quinta-feira, após reunião do Conselho de Ministros.

A Aula Digital conta atualmente com cerca de um milhão de utilizadores ativos.

“Esta medida, em vigor a partir de amanhã, sexta-feira, 22 de janeiro, beneficiará todos os professores e alunos de Portugal Continental e das Regiões Autónomas, independentemente das suas escolas serem adotantes de manuais das editoras da LeYa Educação – ASA, Texto e Gailivro”, detalha a editora.

Neste enquadramento, docentes e educandos afetados pelo encerramento dos seus estabelecimentos de ensino voltam a ter acesso aos manuais escolares e recursos digitais disponíveis na plataforma de ensino Aula Digital.

O acesso à Aula Digital permite que todos os professores atribuam tarefas, testes e quizzes, possibilita o envio de recursos e de feedback personalizado aos alunos, garantindo uma continuidade do trabalho que estava a ser desenvolvido presencialmente nas salas de aula.

“Estão também disponíveis, no site www.auladigital.leya.com, recursos úteis para os diferentes cenários de ensino-aprendizagem, como roteiros de implementação, tutoriais, planificações, webinares, partilha de experiências e muito mais”, diz a editora de livros.

O acesso à Aula Digital é feito mediante “login” na plataforma (www.auladigital.leya.com), bastando para isso que os alunos se registem, caso ainda não o tenham feito. Para se poder aceder gratuitamente a todos os conteúdos, está disponível uma opção “Oferta escolar” na qual o aluno deve preencher os campos apresentados e ativar o serviço gratuitamente. Para os alunos do Ensino privado e das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira não será necessário ativar a “Oferta escolar”, estando os recursos automaticamente disponíveis.

Os professores podem partilhar recursos com os alunos através do módulo “As minhas salas”, sendo apenas necessário que o professor crie a sua “sala” e notifique os alunos por e-mail para acederem à sala criada. Uma vez criado este elo de comunicação, o professor pode enviar vídeos, animações, fichas, sínteses ou mesmo testes interativos, e esclarecer dúvidas e dar feedback aos seus alunos através do Mural de Comunicação disponível na plataforma.

“A Aula Digital é uma das principais plataformas educativas do país, contendo milhares de recursos de elevado valor didático, agora novamente disponibilizados gratuitamente para que o ensino continue a ser possível, com a qualidade desejável, para todos: Professores, Alunos e Encarregados de Educação”, refere a Leya.

Ler mais
Recomendadas

PremiumPoupança continua “muito abaixo” da média da zona euro

Deco alerta: não existe reforço em produtos de aforro. Aumento da poupança para máximos históricos resulta da diminuição do consumo.

Novo malware para Mac infetou mais de 30 mil computadores

O problema é que ninguém sabe para que serve nem o que faz este malware.

Converter documentos Word em apresentações PowerPoint automaticamente? Vai ser possível

A criação de apresentações PowerPoint será muito facilitada quando esta nova funcionalidade estiver implementada no Microsoft Word.
Comentários