Grupo Mystic Invest tem em curso três projetos de hotelaria cinco estrelas no rio Douro

“Vila Nova de Gaia acolhe dois desses projetos, estando já em fase de construção a unidade hoteleira situada nos antigos armazéns da Real Companhia Velha, espaço recuperado e desenvolvido pelo Grupo Mystic Invest num empreendimento que conta já com espaços de estacionamento, retalho e de escritórios”, diz o dono da Douro Azul em comunicado.

O grupo Mystic Invest, holding do empresário portuense Mário Ferreira, tem em curso três projetos de hotelaria cinco estrelas que têm o rio Douro como referência. “Vila Nova de Gaia acolhe dois desses projetos, estando já em fase de construção a unidade hoteleira situada nos antigos armazéns da Real Companhia Velha, espaço recuperado e desenvolvido pelo Grupo Mystic Invest num empreendimento que conta já com espaços de estacionamento, retalho e de escritórios”, diz o dono da Douro Azul, em comunicado.

Na mesma cidade, a Mystic Invest tem em fase de licenciamento um projeto de hotelaria na escarpa da Serra do Pilar.

A Mystic Invest agrega 14 marcas distintas ligadas ao setor turístico, desde a mais conhecida no panorama nacional a companhia de cruzeiros DouroAzul, passando pelo World of Discoveries – Museu Interactivo e Parque Temático; os sightseeing BlueBus e BlueBoats, a Helitours que realiza voos turísticos no Douro e Porto; a Mystic Cruises, que faz cruzeiros no Amazonas,; desde 2015, a Nicko Cruises e a Caminho das Estrelas dedicada ao turismo espacial.

A holding de Mário Ferreira regressou à hotelaria com a abertura do Monumental Palace Hotel, nos Aliados. Outra das novidades da Mystic Invest, tem a ver com o sector dos cruzeiros, concretamente a expansão para os cruzeiros oceânicos. Em maio foi noticiado que Mário Ferreira vendeu 40% do negócio de cruzeiros por 250 milhões a fundo americano. O fundo americano Certares pagou 250 milhões de euros para ficar com 40% da sua holding dos negócios ligados à água – de fora ficam os negócios hoteleiros e imobiliários, segundo a revista “Exame” de junho.

A operação envolve a injeção de 175 milhões de euros para reforçar os capitais e a expansão da empresa (Mystic Invest Holding) e a parcela restante segue para a conta do empresário.

O fundador da Douro Azul decidiu lançar-se nos gelos oceânicos do Ártico e Antártida. A Mystic Invest tem quatro núcleos de operação, conta com uma frota de 43 navios em operação e espera e tem mais quatro em construção.

A  cerimónia de batismo do MS World Explorer, um investimento de 70 milhões de euros do grupo Mystic Invest, do empresário Mário Ferreira, decorreu em abril deste ano, com a presença de Carla Bruni.

“O World Explorer, o nosso primeiro navio de cruzeiros oceânico, foi totalmente concebido e fabricado em Portugal [nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo]”, disse na altura Mário Ferreira, Presidente da Mystic Invest, holding que controla, entre outras, a Mystic Cruises, a DouroAzul e a empresa alemã Nicko Cruises.

O navio MS World Explorer vai fazer o verão na Antártida (quatro meses). O gestor previa incluir o Mediterrâneo, o Báltico, o Ártico e a Groenlândia na programação do navio.

Nos hóteis, o Douro Marina Hotel em Mesão Frio encontra-se em fase de revisão em que a empresa está a incorporar melhorias ao projeto hoteleiro, classificado como Projeto de Interesse Nacional em 2002, e que visa dotar a região do Douro de um hotel de referência internacional.

Recentemente, o projeto de reabilitação Monumental Palace Hotel, na Avenida dos Aliados no Porto, do mesmo grupo, venceu o Primeiro Prémio na categoria de Reabilitação Urbana de Turismo dos Prémios Imobiliário do Expresso/SIC Notícias conquistando, assim, a terceira distinção este ano.

“Numa iniciativa do Grupo Mystic Invest, holding do empresário Mário Ferreira, a reconstrução e reabilitação do Monumental Palace Hotel decorreu ao longo de dois anos, tendo obedecido a critérios muito rigorosos ao nível da arquitetura, integração urbanística, engenharia e de sustentabilidade”, diz o grupo na mesma nota.

O Monumental Palace Hotel, entretanto vendido pela Mystic Invest ao grupo hoteleiro francês Maison Albar, é composto por 78 quartos estando localizado no coração da cidade do Porto e sendo um exemplo da reabilitação geral que está a ser promovida na avenida dos Aliados.

“Esta distinção atribuída ao Monumental Palace Hotel é um reconhecimento do trabalho que a Mystic Invest está a fazer na hotelaria com destaque para a reabilitação de edifícios históricos respeitando a sua traça original e introduzindo novas técnicas de construção e tecnologia para os tornar mais sustentáveis”, disse Mário Ferreira, presidente da Mystic Invest.

Além do prémio atribuído agora pelo Expresso/SIC Notícias, o Monumental Palace Hotel já tinha sido distinguido com o Prémio Nacional do Imobiliário, na categoria de Turismo, e também com o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, na categoria de Melhor Intervenção de Uso Turístico, numa iniciativa da Vida Imobiliária e da Promevi. Mário Ferreira acrescenta que “estas distinções responsabilizam-nos positivamente para o trabalho que estamos a desenvolver nos restantes projetos de hotelaria do grupo, onde manteremos o mesmo critério, a mesma exigência e a mesma qualidade que apresentamos no Monumental.”

Ler mais
Recomendadas

Preços na produção industrial diminuíram 0,2% no segundo trimestre

No segundo trimestre de 2019, a taxa de variação homóloga deste índice situou-se em 0,9%, com uma variação de 1,1% no primeiro trimestre.

Novo superdesportivo da Lotus é 100% elétrico e supera os 320 quilómetros por hora

Ainda é um protótipo, mas a ambição da Lotus não tem limites: dois mil cavalos, velocidade máxima acima de 320 quilómetros por hora e uma autonomia de 400 quilómetros.

Taxas Euribor renovam mínimos de sempre a três, seis e 12 meses

Taxa Euribor a seis meses desceu esta quarta-feira para -0,357%, novo mínimo de sempre e menos 0,007 pontos do que na sessão anterior.
Comentários