Grupo Mystic Invest tem em curso três projetos de hotelaria cinco estrelas no rio Douro

“Vila Nova de Gaia acolhe dois desses projetos, estando já em fase de construção a unidade hoteleira situada nos antigos armazéns da Real Companhia Velha, espaço recuperado e desenvolvido pelo Grupo Mystic Invest num empreendimento que conta já com espaços de estacionamento, retalho e de escritórios”, diz o dono da Douro Azul em comunicado.

O grupo Mystic Invest, holding do empresário portuense Mário Ferreira, tem em curso três projetos de hotelaria cinco estrelas que têm o rio Douro como referência. “Vila Nova de Gaia acolhe dois desses projetos, estando já em fase de construção a unidade hoteleira situada nos antigos armazéns da Real Companhia Velha, espaço recuperado e desenvolvido pelo Grupo Mystic Invest num empreendimento que conta já com espaços de estacionamento, retalho e de escritórios”, diz o dono da Douro Azul, em comunicado.

Na mesma cidade, a Mystic Invest tem em fase de licenciamento um projeto de hotelaria na escarpa da Serra do Pilar.

A Mystic Invest agrega 14 marcas distintas ligadas ao setor turístico, desde a mais conhecida no panorama nacional a companhia de cruzeiros DouroAzul, passando pelo World of Discoveries – Museu Interactivo e Parque Temático; os sightseeing BlueBus e BlueBoats, a Helitours que realiza voos turísticos no Douro e Porto; a Mystic Cruises, que faz cruzeiros no Amazonas,; desde 2015, a Nicko Cruises e a Caminho das Estrelas dedicada ao turismo espacial.

A holding de Mário Ferreira regressou à hotelaria com a abertura do Monumental Palace Hotel, nos Aliados. Outra das novidades da Mystic Invest, tem a ver com o sector dos cruzeiros, concretamente a expansão para os cruzeiros oceânicos. Em maio foi noticiado que Mário Ferreira vendeu 40% do negócio de cruzeiros por 250 milhões a fundo americano. O fundo americano Certares pagou 250 milhões de euros para ficar com 40% da sua holding dos negócios ligados à água – de fora ficam os negócios hoteleiros e imobiliários, segundo a revista “Exame” de junho.

A operação envolve a injeção de 175 milhões de euros para reforçar os capitais e a expansão da empresa (Mystic Invest Holding) e a parcela restante segue para a conta do empresário.

O fundador da Douro Azul decidiu lançar-se nos gelos oceânicos do Ártico e Antártida. A Mystic Invest tem quatro núcleos de operação, conta com uma frota de 43 navios em operação e espera e tem mais quatro em construção.

A  cerimónia de batismo do MS World Explorer, um investimento de 70 milhões de euros do grupo Mystic Invest, do empresário Mário Ferreira, decorreu em abril deste ano, com a presença de Carla Bruni.

“O World Explorer, o nosso primeiro navio de cruzeiros oceânico, foi totalmente concebido e fabricado em Portugal [nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo]”, disse na altura Mário Ferreira, Presidente da Mystic Invest, holding que controla, entre outras, a Mystic Cruises, a DouroAzul e a empresa alemã Nicko Cruises.

O navio MS World Explorer vai fazer o verão na Antártida (quatro meses). O gestor previa incluir o Mediterrâneo, o Báltico, o Ártico e a Groenlândia na programação do navio.

Nos hóteis, o Douro Marina Hotel em Mesão Frio encontra-se em fase de revisão em que a empresa está a incorporar melhorias ao projeto hoteleiro, classificado como Projeto de Interesse Nacional em 2002, e que visa dotar a região do Douro de um hotel de referência internacional.

Recentemente, o projeto de reabilitação Monumental Palace Hotel, na Avenida dos Aliados no Porto, do mesmo grupo, venceu o Primeiro Prémio na categoria de Reabilitação Urbana de Turismo dos Prémios Imobiliário do Expresso/SIC Notícias conquistando, assim, a terceira distinção este ano.

“Numa iniciativa do Grupo Mystic Invest, holding do empresário Mário Ferreira, a reconstrução e reabilitação do Monumental Palace Hotel decorreu ao longo de dois anos, tendo obedecido a critérios muito rigorosos ao nível da arquitetura, integração urbanística, engenharia e de sustentabilidade”, diz o grupo na mesma nota.

O Monumental Palace Hotel, entretanto vendido pela Mystic Invest ao grupo hoteleiro francês Maison Albar, é composto por 78 quartos estando localizado no coração da cidade do Porto e sendo um exemplo da reabilitação geral que está a ser promovida na avenida dos Aliados.

“Esta distinção atribuída ao Monumental Palace Hotel é um reconhecimento do trabalho que a Mystic Invest está a fazer na hotelaria com destaque para a reabilitação de edifícios históricos respeitando a sua traça original e introduzindo novas técnicas de construção e tecnologia para os tornar mais sustentáveis”, disse Mário Ferreira, presidente da Mystic Invest.

Além do prémio atribuído agora pelo Expresso/SIC Notícias, o Monumental Palace Hotel já tinha sido distinguido com o Prémio Nacional do Imobiliário, na categoria de Turismo, e também com o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, na categoria de Melhor Intervenção de Uso Turístico, numa iniciativa da Vida Imobiliária e da Promevi. Mário Ferreira acrescenta que “estas distinções responsabilizam-nos positivamente para o trabalho que estamos a desenvolver nos restantes projetos de hotelaria do grupo, onde manteremos o mesmo critério, a mesma exigência e a mesma qualidade que apresentamos no Monumental.”

Ler mais
Recomendadas

Exportações de componentes automóveis atingem valor recorde de 5,6 mil milhões de euros

No acumulado da década, entre 2010 e 2019, a AFIA reportou que as vendas de componentes automóveis portugueses para o estrangeiro aumentaram 71%.

Grupo Vila Galé investe 3,5 milhões de euros em lagar no Alentejo

A empresa Casa Santa Vitória, do grupo Vila Galé, inaugurou este sábado um lagar para produzir os seus próprios azeites, no concelho de Beja, que implicou um investimento de 3,5 milhões de euros.

PremiumPortugal é considerado o berço internacional da inovação têxtil e do calçado

A aposta na internacionalização e no aumento das exportações só foi possível depois de mudança de paradigma: a indústria já não compete pelo preço, mas pelo que de surpreendente lança no mercado.
Comentários