PremiumHaitong, Abanca e ‘Cajas’ na corrida ao Novo Banco Espanha

O Haitong Bank e o Abanca querem comprar a totalidade da operação espanhola. Já as ‘cajas’ pretendem apenas balcões. Autorizações empurram conclusão da venda para junho.

O processo de venda da sucursal do Novo Banco em Espanha vai dar passos significativos nas próximas semanas, havendo em cima da mesa várias ofertas para diversos ativos da operação espanhola do banco liderado por António Ramalho.

Os chineses da Haitong, os espanhóis do Abanca e um conjunto de ‘cajas de ahorros’ estão entre os candidatos à compra da operação espanhola do Novo Banco que espera ter acordos assinados de venda até meados de fevereiro ou, pelo menos, uma definição do comprador ou compradores, consoante o desenho final da operação.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

UBS vai ser julgado na segunda-feira feira por fraude fiscal

O banco é suspeito de ter, entre 2004 e 2012, enviado ilegalmente vendedores França para convencer clientes a abrir contas não declaradas na Suíça.

Novo Banco confirma venda do portefólio de malparado ‘Projecto Wilkinson’

A entidade liderada por António Ramalho confirmou a venda da carteira por 216,3 milhões de euros em ativos ao fundo Davidson Kempner, que desta forma vão provocar um impacto “marginalmente positivo” nas contas.

CEO do Goldman Sachs anuncia investimento de 156 mil milhões de dólares na sustentabilidade

David Solomon, presidente e CEO da Goldman Sachs, anunciou o progresso anual rumo ao compromisso do banco norte-americano em termos de Sustainable Finance Commitment. O banco norte-americano quer que os EUA regressem ao Acordo de Paris.
Comentários