Haitong Bank antecipa pagamento a fornecedores portugueses e oferece viseiras

O banco de investimento decidiu pagar a pronto as faturas aos fornecedores em Portugal e oferecer material de proteção individual à maternidade Alfredo da Costa.

O Haitong Bank anunciou esta quinta-feira que vai antecipar pagamento aos seus fornecedores em Portugal e pagar-lhes a pronto as faturas, o que geralmente era feito a 30 dias, para mitigar os impactos de tesouraria que o novo coronavírus lhes causou.

O banco de investimento decidiu ainda fazer um donativo à maternidade Alfredo da Costa, oferecendo material de proteção de individual, depois de a Haitong Securities ter doado material e equipamento médico ao Porto.

A instituição bancária comprou mil viseiras à empresa nacional Apametal, uma das que reestruturou a sua linha de produção para fabricar viseiras acrílicas como material de proteção contra a pandemia, tendo o equipamento sido anteontem entregue no centro de distribuição do Hospital Curry Cabral.

O Haitong garante que “reconhece as dificuldades sentidas pelas empresas decorrentes da drástica redução da atividade económica” causada pelo vírus e mantém o compromisso de ter iniciativas de caráter social”.

Recomendadas

Revolut ultrapassa um milhão de clientes na Península Ibérica. Em Portugal há meio milhão

Em Portugal são já mais de 500 mil os clientes, enquanto em Espanha o valor já ultrapassou os 600 mil utilizadores.

APB anuncia Sertã e Loures como vencedoras da Final Nacional do European Money Quiz 2020

A APB associa-se a esta iniciativa pelo terceiro ano consecutivo. Participaram na edição de 2020 cerca de 2 mil alunos do ensino básico, oriundos de 48 escolas de todo o país, incluindo ilhas.

PremiumFundo de Resolução responde a pedido do Bloco de Esquerda na próxima semana

O partido pediu o contrato de venda do Novo Banco, a resposta deverá ser enviada na próxima semana. Há seis contratos na venda.
Comentários