“Hive”, o projeto piloto que a mytaxi lança em Lisboa

Com a aposta nesta nova forma de mobilidade, a mytaxi pretende também olhar para uma nova forma de conectar dois negócios, tendo o objetivo de facilitar aos utilizadores a escolha entre os serviços, com a opção de posteriormente integrar o serviço das E-scooters na aplicação da mytaxi.

A mytaxi lançou esta terça-feira, em Lisboa, o seu projeto piloto “Hive”. Uma nova modalidade de mobilidade no âmbito do serviço “E-Scooter”, que consiste na disponibilização de trotinetes elétricas na cidade de Lisboa, fez saber a plataforma de transporte que liga táxis a passageiros.

“A partir de hoje, centenas de trotinetes elétricas estarão disponíveis na cidade. O plano passa por fazer crescer a frota de forma dinâmica durante o período em que decorre o projeto piloto. Com a hive, a mytaxi pretende contribuir para melhorar a mobilidade urbana em Lisboa. Para isso, ao longo dos últimos meses a mytaxi tem vindo a trabalhar em estreita colaboração com a cidade de Lisboa, com o objetivo de preparar um lançamento que sirva as necessidades e da comunidade da cidade de Lisboa”, explica a empresa em comunicado.

Para o presidente executivo da mytaxi, Eckart Diepenhorst, a capital portuguesa foi a escolhida para testar o projeto por tratar-se “do local perfeito para começar o projeto E-scooters hive”.

“Para a mytaxi, as E-Scooters são um complemento perfeito para o nosso negócio do táxi já existente, uma vez que podem ser utilizadas ​​principalmente para passeios curtos de cerca de um a dois quilómetros”, salienta o CEO da mytaxi, que considera as trotinetes elétricas hive “uma mais-valia muito econlógica e sustentável ao mix da mobilidade”.

O facto de Lisboa ter sido o local escolhido para lançar o projeto piloto deve-se, de acordo com Diepenhorst, às “conversações muito colaborativas e construtivas com a cidade”, sendo o vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa, Miguel Gaspar, figura saudada no mesmo comunicado.

Com a aposta nesta nova forma de mobilidade, a mytaxi pretende porcura uma nova forma de conectar dois negócios, tendo o objetivo de facilitar aos utilizadores a escolha entre os serviços, com a opção de posteriormente integrar o serviço E-scooters na aplicação da mytaxi.

Como utilizar o serviço?
Para utilizar as trotinetes elétricas, os clientes têm apenas de fazer o download gratuito na App Store ou no Google Play Store, e utilizar a aplicação para encontrar e desbloquear as E-scooters “hive”. Depois de utilizar, para bloquear a trotinete “hive” os clientes devem voltar a usar a app. Será cobrada uma tarifa fixa de um euro por viagem, bem como 0,15 euros por cada minuto de utilização. As “hive” atingem uma velocidade máxima de 24 km/h.

Ler mais
Recomendadas

Google suspende negócios com a Huawei após lista negra de Trump

A Huawei vai perder imediatamente acesso a atualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e servios, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

Empresas do vinho do Porto satisfeitas com devolução de diploma sobre Casa do Douro

Criada em 1932 para defender os viticultores e a viticultura duriense na mais antiga região regulamentada e demarcada do mundo, a Casa do Douro foi perdendo atribuições até que a sua dimensão pública foi extinta em dezembro de 2014, no Governo PSD/CDS-PP, e a sua gestão entregue a uma organização privada, a Federação Renovação do Douro.

Cellnex e DST/Cube avançam para compra da fibra óptica da MEO

Há três candidatos que se preparam para avançar com propostas vinculativas para comprar a rede de fibra ótica da Meo. Entre eles a espanhola Cellnex e a DST em parceria com o Fundo Cube.
Comentários