Hoje há ‘Jogo Económico’. ‘Dragões’ gastadores, ‘águias’ vendedoras e ‘leões’ desfalcados. Que comprou melhor no mercado?

Qual o plantel mais preparado para atacar o título? E qual é o elenco que mais lacunas apresenta? Saiba quem está na linha da frente para atacar o título nacional e como pode o Sporting CP erguer-se apesar da turbulência sentida no fecho do mercado de transferências.

Está fechado o mercado de transferências de verão. Foi neste período que se bateu o recorde de vendas de um jogador em Portugal, em que um clube fez quase 190 milhões de euros em vendas de ativos e onde um outro emblema vendeu três titulares em poucos dias e ficou sem treinador.

Entre os ‘grandes’, foram feitas vendas de 325 milhões e gastos de 127 milhões em atletas.

Qual o plantel mais preparado para atacar o título? E qual é o elenco que mais lacunas apresenta?

Veja esta sexta-feira, às 20h00, o debate entre o consultor e advogado Luís Miguel Henrique e o jornalista João Marcelino sobre quem está na linha da frente para atacar o título nacional. Conheça ainda em detalhe como fica o Sporting CP depois de um fecho de mercado turbulento onde o clube ficou sem o treinador que ocupava o lugar desde novembro de 2018.

Se perdeu o programa da semana passada, veja aqui a entrevista a Adrien Bouchet, ex-senior manager da NFL e antigo diretor dos Miami Dolphins, que suscitou o debate sobre as diferenças dos modelos de negócio nos Estados Unidos da América e em Portugal, com João Marcelino e Luís Miguel Henrique.

Relacionadas

SL Benfica: vendas de 190 milhões num mercado de tração ‘à frente’

Os ‘encarnados’ chegam ao fim do mercado de verão com um valor avultado de vendas, possibilitado pela maior transação alguma vez efetuada por um clube português.

Sporting: vender titulares para manter a estrela

O clube de Alvalade foi o que mais se movimentou no último dia de mercado. Três titulares deixaram 40 milhões nos cofres do Sporting.

FC Porto: investimento mais avultado sem ‘Champions’ à vista

‘Dragões’ colocaram todas as fichas no ataque à Liga dos Campeões com um investimento de 60 milhões de euros. Com esse objetivo falhado, resta o ataque à Liga portuguesa.
Recomendadas

Ver jogos em pé no Estádio da Luz? Nova lei da violência no desporto já prevê possibilidade

Questionado sobre as palavras do administrador executivo da Benfica SAD, Domingos Soares de Oliveira, que na quarta-feira disse que o clube da Luz pondera aumentar a lotação do estádio através do melhor aproveitamento dos espaços existentes e da criação de áreas de assistência com lugares em pé, João Paulo Rebelo referiu que a segunda opção já é possível.

Uma das “raparigas” dos hambúrgueres já foi encontrada e lembra-se de Cristiano Ronaldo: “Era o mais tímido” do grupo

A rádio Renascença encontrou uma das funcionárias do restaurante mencionado pelo capitão da selecção das quinas. Ronaldo convidou-as para jantar em Lisboa ou Turim; Paula Leça já aceitou o convite do craque da Juventus.

Companhia aérea paga indemnização de 50 euros após partir bicicleta de seis mil euros a triatleta

Carlos López apresentou queixa contra a espanhola Vueling que responsabiliza por ter perdido toda a temporada competitiva depois de ter partido o quadro de carbono da sua bicicleta durante uma viagem de avião. “Pediram-me os dados bancários, e depois disseram que já tinham feito a transferência. A surpresa chegou quando vi que transferiram 50 euros”, lamentou o atleta.
Comentários