Holdimo: “Bruno de Carvalho pode ser destituído de presidente da SAD já hoje ou amanhã”

Fonte oficial da Holdimo, em declarações exclusivas ao Jornal Económico, adianta que a comissão de gestão que será nomeada por Jaime Marta Soares, “pode substituir Bruno de Cavalho, mas não a restante equipa de administração”.

Álvaro Sobrinho

O presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho, poderá ser destituído “hoje ou amanhã” de presidente do conselho de administração da Sporting SAD, por decisão da comissão de gestão que vier a ser nomeada para o clube por Jaime Marta Soares, disse ao Jornal Económico fonte oficial da Holdimo, segundo maior acionista da sociedade anónima desportiva do Sporting.

Bruno de Carvalho foi esta quarta-feira suspenso com efeito imediato das suas funções no Sporting Clube de Portugal pela comissão fiscalizadora nomeada pelo presidente demissionário da mesa da assembleia geral do clube. Ficou também impedido de entrar nas instalações do clube. Em consequência, é necessário que seja nomeada uma comissão de gestão para o clube.

Em resposta, Bruno de Carvalho rejeitou a decisão e disse não reconhecer a legitimidade da comissão fiscalizadora. “É uma tomada de poder à força. Aqui está a golpada que estou a falar faz 2 semanas”, afirmou, numa mensagem publicada na sua conta da rede social Facebook.

De seguida, o presidente da mesa de assembleia geral do Sporting, Jaime Marta Soares, disse que a comissão de gestão do clube será conhecida nas próximas horas, depois de o conselho diretivo ter sido suspenso preventivamente pela comissão de fiscalização por si nomeada.

Citado pela agência Lusa, Jaime Marta Soares disse que tudo será “feito de acordo e com respeito pelos estatutos” e adiantou que a composição da comissão de gestão do clube será conhecida nas “próximas horas”.

Em declarações ao Jornal Económico, fonte oficial da Holdimo explica que Bruno de Carvalho é presidente do conselho de administração da Sporting SAD em representação das ações detidas pelo Sporting e que a comissão de gestão poderá mudar o representante do clube.

“Bruno de Carvalho pode ser destituído já hoje, ou amanhã pela comissão de gestão”, disse a mesma fonte.

No entanto, a comissão de gestão não poderá tomar o mesmo tipo de medida em relação aos outros membros da administração da SAD. “Penso que será previsível que convoquem uma assembleia geral para a destituição dos restantes elementos. Neste momento é este o quadro”, refere a fonte da Holdimo.

Sobre a resposta de Bruno de Carvalho à suspensão, dizendo que não a reconhece, a Holdimo diz que se trata, agora, de uma questão de autoridade. “Ele [Bruno de Carvalho] disse que não vai acatar, mas agora é uma questão de autoridade. Os órgãos estão a exercer as competências que os estatutos lhe atribuem e portanto se houver algum impedimento terão de recorrer à autoridade pública para que se faça cumprir”, afirma.

 

Ler mais
Relacionadas

Sporting: Marta Soares diz que comissão de gestão vai ser conhecida nas próximas horas

A comissão de fiscalização designada pela mesa de assembleia geral do Sporting anunciou esta quarta-feira ter suspendido preventivamente o conselho diretivo do Sporting, uma decisão com efeitos imediatos. Ficou também impedido de entrar nas instalações do clube.

Bruno de Carvalho reage à suspensão: “É uma tomada de poder à força”

O presidente do Sporting foi esta quarta-feira suspenso pela comissão de fiscalização nomeada pela mesa da assembleia geral e está proibido de entrar nas instalações do clube. Qualquer decisão que seja tomada daqui em diante pelo conselho diretivo não terá qualquer validade.
Recomendadas

FC Porto com teste dificil em Famalicão no regresso da I Liga

A I Liga de futebol regressa hoje, após quase três meses de paragem, devido à pandemia da covid-19, com o FC Porto a tentar reforçar a liderança na visita ao Famalicão, na 25.ª jornada.

UEFA pondera concluir Liga dos Campeões em Lisboa

Federação de futebol da Turquia terá comunicado à UEFA que não vai ter condições para receber a final da Liga dos Campeões, em Istambul, devido à pandemia da Covid-19. Lisboa pode ser a solução do problema, com a UEFA a ponderar levar a final da liga milionária para o Estádio da Luz, segundo o Mundo Deportivo.

Eduardo Cabrita apela aos adeptos do futebol que “respeitem as orientações da DGS”

O Ministro da Administração Interna refere que é fundamental não existirem ajuntamentos e que o dispositivo policial é o “adequado e proporcional às circunstâncias”.
Comentários