Homem mais rico da Dinamarca perde três filhos nos atentados do Sri Lanka

Tratam-se dos filhos de Anders Holch Povlsen, que é considerado pela revista norte-americana “Forbes” o 252.º homem mais rico do mundo, avaliando a fortuna do dinamarquês em 7,9 mil milhões de dólares.

Três dos quatro filhos do homem mais rico da Dinamarca, Anders Holch Povlsen, 46 anos, morreram na sequência dos ataques suicidas no Sri Lanka, que ocorreram no domingo, 21 de abril, e provocaram a morte de pelo menos 290 pessoas, incluindo o português Rui Lucas, 31 anos, natural de Viseu.

As mortes dos três jovens já foram confirmadas por um porta-voz do multimilionário, que é dono da marca de roupa Bestseller e detém a participação maioritária da loja online de roupas e artigos de belezas Asos.

“Infelizmente, temos de confirmar [a morte de três dos filhos de Povlsen]” afirmou Jesper Stubkier, diretor de comunicação da Bestseller, em declarações ao jornal dinamarquês “Berlingsake”. “Pedimos que respeitem a privacidade e, assim, não haverá mais comentários”, acrescentou.

De acordo com o tabloide inglês “The Mirror”, Anders Holch Povlsen tem quatro filhos, um rapaz, Alfred, e três raparigas, Astrid, Agnes e Alma. Não se sabe a identidade dos três filhos do multimilionário dinamarquês, nem em quais das oito explosões ocorridas no Sri Lanka morreram.

O tablóide menciona, ainda, que uma das filhas, Alma, tinha publicado recentemente uma foto dos irmãos na sua conta de Instagram, onde se pode ler: “Os meus três ursinhos”.

 

View this post on Instagram

 

3 x små ferie basser 🐻

A post shared by ALMA STORM HOLCH POVLSEN (@almashpovlsen) on

Anders Holch Povlsen é considerado pela revista norte-americana “Forbes” o 252 homem mais rico do mundo, avaliando a fortuna do dinamarquês em 7,9 mil milhões de dólares.

Entre igrejas e hotéis em diferentes cidades, os ataques culminaram em oito grandes explosões que mataram, pelo menos, 290 pessoas e mais de 500 feridos. As explosões ocorreram “quase em simultâneo” pelas 8h45 horas (3h15 em Portugal continental), sendo que as autoridades cingalesas detetaram e desativaram a tempo uma bomba artesanal, descoberta perto do principal aeroporto da capital de Sri lanka, Colombo.

Entre as vitimas mortais há um português: Rui Lucas, 31 anos, natural de Viseu, que se encontram em lua-de-mel no país, após se ter casado na semana passada, segundo o Jornal de Notícias.

Ler mais
Relacionadas

EUA alertam que terroristas estão a planear novos ataques no Sri Lanka

Os ataques terroristas provocaram 290 mortos e 500 feridos no país, incluindo um cidadão português.

Milhares de turistas em fuga do Sri Lanka após ataque terrorista que matou 290 pessoas incluindo um português

Os turistas estão a cancelar as suas férias e a dirigirem-se para o aeroporto para tentarem sair do país, após os ataques suicidas que também vitimaram um cidadão português.

Dados oficiais elevam para 207 número de mortos no Sri Lanka

A oitava e última explosão, até ao momento, teve lugar num complexo de vivendas na zona de Dermatagoda.
Recomendadas

Procurador francês diz que estão acionados todos os meios para encontrar suspeito do atentado de Lyon

As autoridades francesas procuram o presumível autor do atentado ocorrido na sexta-feira numa rua em Lyon, que fez 13 feridos. A investigação judicial, aberta inicialmente por tentativa de homicídio, foi transferida para o Ministério Público de Paris, que centraliza os casos de terrorismo em França.

“Marginalização de África no comércio mundial não mudou muito”, diz ex-dirigente da ONU Carlos Lopes

Carlos Lopes, antigo adjunto do secretario-geral das Nações Unidas, defendeu este sábado em Lisboa que a Zona de Livre Comércio Continental (ZLEC) pode contribuir para acelerar a industrialização da região.

Agências de espionagem dos EUA cedem informações a investigação sobre interferência russa

Presidente norte-americano já disse que vai desclassificar os documentos relacionados com as origens da investigação sobre as ligações russas à campanha.
Comentários