Iberdrola lucra 115 milhões com megacontrato de venda de gás de natural

O grupo espanhol chegou a um acordo com a empresa Pavilion Energy Trading & Energy, para vender o seu portefólio de fornecimento de gás natural liquefeito (GNL), de cerca cinco milhões de metros cúbicos, avaliados em cinco milhões de euros.

A Iberdrola chegou a um acordo com a empresa Pavilion Energy Trading & Energy para vender o seu portfólio de fornecimento de gás natural liquefeito (GNL) a longo prazo. Esta carteira de gás, de aproximadamente cinco milhões de metros cúbicos, está avaliada em cerca de cinco milhões de euros. Com esta transação, a Iberdrola alcança uma receita extra de 115 milhões de euros, segundo revela o jornal “Expansión”, esta quinta-feira.

A avaliação final do contrato encontra-se sujeita a certos ajustes já acordados entre a Iberdrola e a Pavilion, bem como o valor do GNL transferido na altura da conclusão do negócio. Esta operação, que terminará a 1 de janeiro de 2020, faz parte do plano não estratégico de rotavidade de ativos da Iberdrola, que prevê desinvestimentos de 3.500 milhões até 2022, dos quais 50% já foram cumpridos.

A Iberdrola explicou que este acordo representa uma mudança na atual estratégia de fornecimento de gás do grupo para cobrir as necessidades dos seus clientes finais e das suas fábricas de ciclo combinado.

A partir de agora, a empresa de energia vai concentrar-se na distribuição de gás a curto prazo, aproveitando a tendência natural do desenvolvimento dos mercados de gás na Europa.

Recomendadas

Covid-19: ‘Chef’ Vítor Sobral vai “acender uma velinha a Nossa Senhora de Fátima” para pagar salários

O Grupo Quina emprega cerca de 120 funcionários. Dois restaurantes foram encerrados, outros dois estão a funcionar em regime de ‘take away’, assim como as padarias. Vítor Sobral garante salários neste mês de março, mas não sabe como será no mês de abril.

Novo Banco vende “Rei dos Cogumelos” em plena crise

O Novo Banco, maior credor do grupo Sousacamp, com 49% dos créditos, acordou a venda do maior produtor ibérico de cogumelos ao Core Capital.

Covid-19: Kaeser garante assistência a equipamentos de ar comprimido de hospitais e da indústria

Além de cerca de três mil empresas do setor industrial, em Portugal a Kaeser trabalha com hospitais como o Grupo Trofa Saúde, Hospital Santo António, Hospital de Braga, Hospital de Santa Maria, Hospital de Gaia, Hospitais de Coimbra, Hospitais Lusíadas e Fundação Champalimaud.
Comentários