IGCP faz hoje leilão de troca de dívida para estender maturidades

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública – IGCP realiza esta quarta-feira um leilão de troca de Obrigações do Tesouro para prolongar a maturidade da dívida para 2028 e 2034.

Num comunicado divulgado na terça-feira, a entidade indicou que vai recomprar dívida com maturidade em 17 de outubro 2022 e 15 de fevereiro de 2024, com taxas de 2,2% e 5,65%, respetivamente.

Em contrapartida, vai colocar Obrigações do Tesouro com vencimento em 17 de outubro de 2028 e 18 de abril de 2034, com taxas de 2,125% e 2,25%, respetivamente.

O IGCP tem feito leilões de troca de Obrigações do Tesouro (OT) para prolongar a maturidade da dívida e conseguir uma melhor gestão da dívida pública.

Em agosto, o IGCP recomprou 1.361 milhões de euros em OT – 1.080 milhões de euros com taxa de juro de 4,95%, com vencimento em 25 de outubro de 2023, e mais 281 milhões de euros com taxa de 5,65%, com vencimento em 15 de fevereiro de 2024.

Ao mesmo tempo, o IGCP vendeu 1.025 milhões de euros de OT a 2,125%, com vencimento em 17 de outubro de 2028, e 336 milhões de euros a 4,1% com maturidade em 15 de abril de 2037.

Recomendadas

Consumo de combustíveis volta recuperar em setembro e cresce 10,46%, segundo a ENSE

O consumo de combustíveis aumentou 10,46% em setembro, num “contexto de progressiva normalização” do país e da economia, adiantou hoje, segunda-feira, a Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE), em comunicado.

Empresas vão receber mais de 12 mil milhões de euros do PRR e do Portugal 2030

As verbas acumuladas dos dois programas perfazem um acréscimo de 75% face ao que as empresas receberam no Portugal 2020, realçou ainda Nelson de Souza, esclarecendo que, nos próximos quadros de financiamento, vai “haver muito mais incentivos às empresas para a área das alterações climáticas”.

OE2022. Prazo para comunicação de faturas passa para dia 5 do mês seguinte ao da emissão

O prazo para as empresas remeterem à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) as faturas vai passar do dia 12 para o dia 5 do mês seguinte ao da emissão, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).
Comentários