Indico Capital captou 1,1 milhões de euros para a EatTasty com assessoria da Cuatrecasas

A Cuatrecasas assessorou a Indico Capital Partners no fecho de uma ronda de investimento seed (fase inicial) para a startup EatTasty, no valor de 1,1 milhões de euros.

Este montante vai ajudar a empresa portuguesa, que detém uma plataforma online de confecção e entrega de almoços caseiros no local de trabalho, a consolidar a presença noutras cidades espanholas, depois de um lançamento bem-sucedido em Madrid e também em Lisboa.

A assessoria jurídica incluiu a transformação da startup em sociedade anónima, um aumento de capital precedente e um aumento de capital subsequente com prestações suplementares de capital. Além disso, a Cuatrecasas elaborou o contrato de investimento e acordo de accionistas, que foi usado para formalizar a ronda de investimento.

Da parte da Cuatrecasas participou uma equipa multidisciplinar coordenada pelo sócio Vasco Bivar de Azevedo, da área de Societário e M&A, e especializado em Venture Capital. Entre os advogados contam-se também Francisco Martins Caetano e João Stock da Cunha, associados da área de Societário e M&A, Sónia Queiróz Vaz, coordenadora da área de Propriedade Intelectual, Rita Galvão de Rezende, associada da mesma área, e Liliana Almeida de Moura, associada da área de Laboral.

O modelo de negócio da EatTasty assenta na contratação de restaurantes cujas cozinhas estejam em subutilização para, antes da hora de começar a servir os próprios clientes, confeccionarem refeições com ingredientes frescos, do próprio dia, que são depois entregues nos locais mais próximos, nomeadamente escritórios, mediante a utilização de uma aplicação. As encomendas podem ser feitas até às 12h00.

Nesta ronda de investimento, que foi liderada pela Indico, participaram também a Ibersol, um dos principais retalhistas de “comida rápida” da Península Ibérica, e os business angels Shilling Capital Partners, Singularity Capital e Olisipo Way, entre outros.

 

Ler mais
Recomendadas

Richard Susskind: “Cada vez mais, os processos na justiça não acompanham a sociedade digital”

O professor britânico Richard Susskind, autor de obras como “Tomorrow’s Lawyers” e “Online Courts and the Future of Justice”, alerta: “Não acho que o teletrabalho é uma completa transformação no serviço dos tribunais. Não acho que passar audiências para o Zoom é uma mudança de paradigma”.

Pedro de Gouveia e Melo eleito presidente da União dos Advogados Europeus

O advogado é sócio contratado da Morais Leitão, sociedade com a qual colabora desde 2002, e pertence à equipa de direito europeu e da concorrência.

Direito e tecnologia em debate na Abreu: “Se as empresas são afetadas pela revolução tecnológica os advogados têm de estar preparados”

O Instituto do Conhecimento da sociedade Abreu Advogados organiza a segunda edição da conferência Lisbon, Law & Tech, entre os dias 23 e 26 de novembro.
Comentários