Inflação em Portugal fixada no negativo, abaixo da média europeia

Portugal apresentou a taxa de inflação mais baixa na zona euro e da União Europeia e, simultaneamente, a única no negativo.

David Paul Morris/Bloomberg

A inflação da zona euro no mês de julho situou-se em 1%, apresentando uma queda desde o mês de junho, quando se fixou em 1,3%, revela o Eurostat esta segunda-feira, 19 de agosto. Na União Europeia, a inflação fixou-se em 1,4% em julho, caindo desde os 1,6% verificado em junho.

Portugal apresentou a taxa de inflação mais baixa na zona euro e da União Europeia e, simultaneamente, a única no negativo. A taxa de -0,7% foi ainda a mais reduzida dos últimos dois anos. A taxa em Portugal cai de 0,7% do mês passado e de 2,2% de julho de 2018.

A taxa em baixa verificou-se em Portugal, que apresentou -0,7%, enquanto o Chipre se fixou em 0,1% e Itália em 0,3%. Por sua vez, o gabinete estatístico europeu revelou que as taxas de inflação mais elevadas se fixou na Roménia, com 4,1%, Hungria com 3,3% e Letónia e Eslováquia com 3%.

Em comparação com o mês anterior, a inflação caiu em 15 estados membros, mas permaneceu estável em dois e aumentou em 11.

As maiores contribuições para a taxa de inflação foram os ‘serviços’, com 0,53 pontos percentuais (p.p.), seguidos pela ‘comida, álcool e tabaco, com 0,37 p.p., ‘bens industriais não energéticos’, com 0,08 p.p. e a ‘energia’, com 0,05 p.p.

Recomendadas

5G: Começou hoje a segunda fase da migração das frequências da TDT

A segunda fase da alteração da rede de emissores da televisão digital terrestre (TDT) arrancou esta segunda-feira, 24 de fevereiro, em Vila Nova de São Bento, no concelho de Serpa, um passo essencial para a implementação da quinta geração móvel (5G).

EUA: coronavírus não prejudica, por enquanto, a ‘phase 1’ do acordo comercial com a China

O secretário do tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, reconhece que o coronavírus pode atrasar o início das negociações sobre o aprofundamento do acordo comercial com Pequim, mas garantiu não estar preocupado com esse cenário.
catarina_martins_bloco_esquerda_legislativas_1

BE quer subsídio de alimentação da Função Pública como referência para o setor privado

A medida consta de um projeto de lei apresentado pelos bloquistas, que visa que o subsídio diário de alimentação dos trabalhadores do setor privado não seja inferior ao que definido para os trabalhadores da Administração Pública.
Comentários