Inflação nos Estados Unidos sobe 0,2% em dezembro

Índice de Preços no Consumidor aumentou 2,3% no ano passado, a maior subida desde outubro de 2018.

A inflação no Estados Unidos subiu 0,2% em dezembro, ligeiramente abaixo do projectado pelos analistas e menos uma décima do que em novembro.

Segundo dados divulgados pelo Departamento do Trabalho norte-americano, esta terça-feira, o IPC avançou 2,3% no ano passado, acima dos 1,9% em 2018.

Excluindo os bens alimentares e energia, a inflação subiu 0,1% em cadeia, também uma décima abaixo do esperado.

“A principal surpresa é a leve [subida] na componente da habitação, que cresceu apenas 0,1%, apesar do fluxo de notícias mais positivo relativo aos imóveis residenciais nos meses mais recentes”, refere James Knightley, economista-chefe do ING, numa nota de research, destacando também a desaceleração no componente principal de bens, “o que sugere que o impulso da inflação derivado das tarifas já diminuiu”.

Recomendadas

Bielorrússia. Novo dia de protestos depois das eleições resulta em dezenas de detenções

As forças policiais, que isolaram a praça da Independência, numa zona central de Minsk, procedeu à detenção quer de manifestantes que estavam a pé, quer aqueles que se deslocavam de bicicleta, segundo noticiam meios de comunicação locais.

Bielorrúsia. Amnistia Internacional pede investigação a violência sobre manifestantes pacíficos

A Amnistia Internacional veio denunciar a constante violência pós eleitoral por parte da polícia na Bielorrússia, argumentando que “todas as formas de dissidência pacífica são brutalmente reprimidas”. A ONG vem assim pedir a libertação imediata de manifestantes pacíficos e ativistas políticos.

Da Uber à Airbnb: Onda de solidariedade global a caminho do Líbano

Para além das instituições que prestam auxílio em regiões afetadas por calamidades, um sem-número de empresas privadas e de doações pessoais estão a caminho de Beirute, na tentativa de minimizarem o impacto das explosões de semana passada.
Comentários