Inflação nos Estados Unidos sobe 0,2% em dezembro

Índice de Preços no Consumidor aumentou 2,3% no ano passado, a maior subida desde outubro de 2018.

A inflação no Estados Unidos subiu 0,2% em dezembro, ligeiramente abaixo do projectado pelos analistas e menos uma décima do que em novembro.

Segundo dados divulgados pelo Departamento do Trabalho norte-americano, esta terça-feira, o IPC avançou 2,3% no ano passado, acima dos 1,9% em 2018.

Excluindo os bens alimentares e energia, a inflação subiu 0,1% em cadeia, também uma décima abaixo do esperado.

“A principal surpresa é a leve [subida] na componente da habitação, que cresceu apenas 0,1%, apesar do fluxo de notícias mais positivo relativo aos imóveis residenciais nos meses mais recentes”, refere James Knightley, economista-chefe do ING, numa nota de research, destacando também a desaceleração no componente principal de bens, “o que sugere que o impulso da inflação derivado das tarifas já diminuiu”.

Recomendadas

Santander lucra 6,5 mil milhões em 2019, menos 17% que em 2018

O banco espanhol apresentou resultados a caírem por causa dos custos extraordinários com a operação que tem no Reino Unido. Mas em Espanha os lucros subiram. O Santander Totta, em Portugal, contribuiu com 525 milhões de euros para o resultado líquido.

Nigel Farage: “O Brexit é apenas o início de uma reconfiguração na Europa”

O antigo presidente do UKIP e cofundador do Partido Brexit considera que a saída do Reino Unido da União Europeia é resultado de um exercício democrático. “Não há volta a dar. Isto é uma vitória”, afirmou esta quarta-feira em conferência de imprensa em Bruxelas.

Brexit: Parlamento Europeu carimba hoje saída do Reino Unido da UE

O Parlamento Europeu (PE) vota hoje, em Bruxelas, o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia, a derradeira etapa formal para a efetiva consumação do ‘Brexit’ dois dias depois, em 31 de janeiro.
Comentários