InnoEnergy procura startups para combater alterações climáticas e oferece 100 mil euros

A chamada decorre até meados de dezembro e destina-se a pequenas empresas ligadas à energia renovável, eficiência energética, aquecimento e mobilidade, que trabalhem em prol da descarbonização.

A aceleradora internacional InnoEnergy lançou esta semana a sua primeira “call” global para encontrar startups de todo o mundo que inovem na área da energia sustentável. A chamada destina-se a pequenas empresas ligadas à energia renovável, eficiência energética, aquecimento e mobilidade, que trabalhem em prol da descarbonização.

A InnoEnergy está especialmente atenta aos empreendedores de Portugal e Espanha. “A região ibérica é um ponto de atração de inovação. Queremos chegar a estes génios empreendedores para acelerar a transição energética por todo o mundo. Estamos prontos para nos aliarmos a estes empreendedores e liderar juntos a mudança que se avizinha no nosso panorama energético”, refere Elena Bou, diretora de Inovação da InnoEnergy.

As inscrições podem ser feitas através da internet até ao próximo dia 19 de dezembro. Depois, os vinte melhores projetos vão defrontar-se na final, que se realizará em Espanha (Barcelona), e o vencedor receberá 100 mil euros, assim como apoio na comercialização do seu produto.

“Deli acabou de decretar estado de emergência por poluição do ar e nos Estados Unidos da América o número de veículos com motores poluentes nas estradas tem vindo a crescer mais de 270 mil. Estamos a chegar a um ponto crítico. Precisamos de enfrentar as alterações climáticas juntos e, através do nosso ecossistema de mais de 460 parceiros, conseguimos fazê-lo”, afirma Elena Bou, em comunicado.

Recomendadas

Associação procura universitários que inovem o setor agroalimentar

A PortugalFoods anunciou esta segunda-feira que abriu as candidaturas para a quarta edição do prémio “Ecotrophelia Portugal”. A equipa vencedora recebe 2 mil euros e representa o país na competição europeia.

Inovadores do setor financeiro podem candidatar-se ao novo Portugal FinLab até janeiro

A segunda edição do programa dos três reguladores do setor financeiro já está a receber inscrições de startups. A plataforma visa facilitar a comunicação entre as partes e oferecer ao mercado uma visão integrada dos requisitos regulatórios necessários para a adoção de inovações tecnológicas financeiras.

EY vai premiar “empreendedor do ano” e está a receber propostas de candidatos

É a 8ª edição do “EY Entrepreneur Of The Year”. Entre os anteriores vencedores estão António Rios Amorim (Corticeira Amorim), Belmiro de Azevedo (Grupo Sonae), Carlos e Jorge Martins (Grupo Martifer), Carlos Moreira da Silva (BA Glass), Dionísio Pestana (Grupo Pestana), Manuel Alfredo de Mello (Nutrinveste), Bento Correia e Miguel Leitmann (Vision-Box).
Comentários