“Intrigas, confusão e mau entendimento”: Costa diz que está articulado com o Presidente (com áudio)

“Só pode haver um mal entendido. Por natureza, o primeiro-ministro não desautoriza o Presidente da República. Não é Costa e Marcelo. É institucional”, relembrou o primeiro-ministro esta terça-feira.

Portuguese Prime Minister Antonio Costa speaks during the briefing of the Council of Ministers Meeting, in Lisbon, Portugal, 11 March 2021. Costa announced the reopening plan measures in the context of the fight to control the Covid-19 pandemic. EPA/ANTONIO COTRIM

António Costa lamenta que tenham sido criadas “intrigas, confusão e mau entendimento” em volta das suas declarações de que ninguém pode garantir que não se dá um passo atrás no confinamento, tendo o Presidente da República referido ontem à noite que, por definição, o chefe de Estado não é desautorizado pelo líder do Governo.

“Só pode haver um mal entendido. Por natureza, o primeiro-ministro não desautoriza o Presidente da República. Não é Costa e Marcelo. É institucional”, relembrou o primeiro-ministro esta terça-feira de manhã, num momento em que o número de casos de Covid-19 continua a aumentar, principalmente na região de Lisboa e Vale do Tejo.

À semelhança das suas declarações iniciais, António Costa afirma que esta é a “oportunidade de dizer que 100% dos portugueses desejam o mesmo que o Presidente da República: que ninguém dê um passo atrás”.

“Não há seguramente nenhum desentendimento ou conflito sobre isto, como não tem existido desde que se iniciaram funções”, admitiu o primeiro-ministro. Ainda assim, Costa sustentou que “nem sempre quando se pensa o mesmo, temos de pensar o mesmo”.

António Costa assegurou que “nunca houve nenhuma ação desarticulada entre primeiro-ministro e Presidente da República, sobretudo no que diz respeito ao combate à pandemia”. “Não vale a pena criarem romances. Deixem isso para a ficção”, disse aos jornalistas.

Relacionadas

Marcelo diz que “Presidente nunca é desautorizado pelo primeiro-ministro” (com áudio)

O comentário de Marcelo Rebelo de Sousa foi feito no mesmo dia em que o primeiro-ministro, António Costa, disse que ninguém pode garantir que não se volta atrás no confinamento e que o Governo adotará “em cada momento as medidas que se justifiquem perante o estado da pandemia”.
Recomendadas

Tóquio 2020: Os lucros de ouro dos atletas mais bem pagos presentes na competição

Jogadores da NBA dominam a lista, onde cabe também tenistas e um golfista. Receitas anuais atingem perto dos 300 milhões de euros.

Costa diz que renovação de carruagens tem “95% de incorporação nacional” (com áudio)

Grande maioria dos materiais utilizados na renovação foi produzida em Portugal. Perto de metade das empresas são ainda portuguesas.

Função Pública. Já foram publicadas as listas provisórias dos candidatos a estágios com salário de mil euros (com áudio)

Das mais de 3.000 candidaturas, foram admitidos 2.558 candidatos que cumpriam os requisitos de admissão ao programa, anunciou o Governo. Os estágios vão ter a duração de nove meses com direito a uma remuneração mensal de quase mil euros brutos.
Comentários