IT People Innovation vai fechar o ano com crescimento de 28% nos efetivos

A empresa de gestão de talento tecnológico cresceu este ano quase um terço, totalizando atualmente 120 colaboradores.

A IT People Innovation, empresa de gestão de talento tecnológico, vai fechar 2018 com uma taxa de crescimento do quadro de pessoal de 28%. O grupo está presente em Lisboa, Covilhã e Porto, onde chegou recentemente, e no Peru, país da América Latina onde se internacionalizou.

“Neste ano que agora termina, o nosso foco estratégico foi a retenção do nosso talento”, explica Rute Santos, head of operations da IT People Innovation. “A par de outras estratégias que já tínhamos implementadas, estamos a consolidar os nossos processos de acompanhamento e desenvolvimento de RH, sendo que a nossa aposta passa por fomentar um ambiente propício ao equilíbrio físico e emocional, que se reflete na produtividade profissional e bem-estar pessoal”, acrescenta.

O IT People Group, fundado em 2008, agrega três empresas: IT People Innovation, a mais antiga, especializada em contratação e alocação de talentos de TI, desenvolvimento de soluções em modelo nearshore e gestão de talento tecnológico, a NextReality, centrada no desenvolvimento de soluções de realidade aumentada e a BigAR, especializada na criação de Apps mobile de Realidade Aumentada para o nicho das TCG (Trading Card Games), através de uma tecnologia de reconhecimento própria.

Recomendadas

LG compra 64% de tecnológica israelita Cybellum por 140 milhões de dólares

As restantes ações (36%) serão adquiridas “num futuro próximo” por parte da multinacional sul-coreana. A empresa alvo de aquisição tem 50 colaboradores e dedica-se a desenvolver soluções de avaliação de risco de cibersegurança de veículos.

Investimento em inteligência artificial dispara mais de 15% em 2020

Em 2020, os investimentos globais de capital de risco em inteligência artificial excederam os 80.000 milhões de dólares, um crescimento superior a 15% face ao ano anterior, segundo a OCDE.

Mercedes faz parceria de 7 mil milhões com a Stellantis para produzir mais baterias na Europa

O empreendimento, que manteve negociações com a rival francesa da Stellantis, a Renault, está recetível a acrescentar mais parceiros. A Mercedes vai investir cerca de 500 milhões de euros no próximo ano e espera que os seus gastos totais fiquem abaixo dos mil milhões de euros.
Comentários