Itália registou 130 novas mortes nas últimas 24 horas

Medidas de desconfinamento não mostram sinais de impacto negativo no surto de Covid-19 no país.

A Itália registou 130 mortes com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o número total para 32.616, com 652 novos casos de infeção, segundo dados da Proteção Civil italiana.

O número total de casos de contágio, desde o início da pandemia em Itália, em 21 de fevereiro, é agora de 228.658.

Nas últimas 24 horas, 2.160 pessoas foram curadas, elevando o número total de pessoas curadas para 136.720.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 330 mil mortos e infetou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou a ser o que tem mais casos confirmados (mais de 2,3 milhões contra perto de dois milhões no continente europeu), embora com menos mortes (mais de 136 mil contra mais de 171 mil).

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), paralisando setores inteiros da economia mundial, num “grande confinamento” que vários países já começaram a aliviar face à diminuição dos novos contágios.

Ler mais
Recomendadas

Portugal regista mais 665 novos casos confirmados e nove mortos por Covid-19 nas últimas 24 horas

Segundo o boletim epidemiológico divulgado este domingo, 27 de setembro, cinco vítimas são na Região de Lisboa e Vale do Tejo, duas no Norte e outras duas no Centro. Há, neste momento, 635 internados, dos quais 89 em Unidades de Cuidados Intensivos.

Surto no hospital de Beja já infetou 26 profissionais de saúde

Fonte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) indicou que estão mais três profissionais de saúde infetados em relação aos dados avançado no sábado, nomeadamente um assistente técnico, um enfermeiro e um médico.

Mais de 998 mil mortes e quase 33 milhões de infetados por Covid-19 a nível mundial

Os números são uma estimativa que não reflete “mais que uma fração do número real de contágios”, esclarece a agência francesa, já que há vários países com pouca capacidade de testagem.
Comentários