‘It’s coming home?’. Goldman Sachs prevê vitória inglesa no Euro 2020 (com áudio)

Os analistas do banco previam inicialmente a vitória da Bélgica, mas depois do seu afastamento o favoritismo vai para a equipa onde Harry Kane, Raheem Sterling e Jack Grealish, entre outros, têm brilhado.

2 – Jadon Sancho (100 milhões de euros)

Desde o Euro 96 que a cada torneio internacional de futebol os fãs ingleses voltam a cantar ‘Its’ coming home’ [algo como este ano a taça vem para casa].

O Euro 2020 não foi exceção, e o refrão do hino do Euro 96 – ‘Three Lions’ da autoria de Baddiel & Skinner & Lightning Seeds – voltou a ser entoado este ano vezes sem conta pelos fãs ingleses perante o bom trajeto da equipa treinada por Gareth Southgate e onde têm brilhado Harry Kane, Raheem Sterling ou Jack Grealish, entre outros.

A passagem às meias-finais, depois de bater o eterno rival Alemanha e depois a Ucrânia, criou um novo alento entre os fãs ingleses que vão defrontar, aparentemente, a equipa mais fácil na próxima etapa, Dinamarca, tendo conseguido escapar à Itália e Espanha.

“Com a Bélgica fora da competição, o nosso modelo [matemático] vê a Inglaterra como favorita para vencer o Euro”, escrevem os analistas do GS numa nota divulgada esta segunda-feira, 5 de julho.

“A vitória da Itália contra a Bélgica foi um choque para o nosso modelo, que tinha previsto que a Bélgica era a equipa que mais provavelmente iria levar o troféu para casa”, acrescentam.

Para as meias-finais, o GS prevê uma vitória de Espanha sobre Itália – 2-1 depois de prolongamento; e uma vitória da Inglaterra sobre a Dinamarca por 2-1.

Já na final, os analistas do banco apontam que a Inglaterra tem a maior probabilidade de vitória (31,9%), seguida de Espanha (24,6%), Itália (22,4%) e Dinamarca (21,1%).

No arranque do torneio, os analistas do GS previam que a Bélgica vencesse o Euro 2020 com uma probabilidade de 17,1%, seguida de Espanha (13,1%) e Inglaterra (12,9%). Portugal tinha apenas 9,5% de hipóteses de vencer o torneio à partida, segundo a previsão realizada pelo GS a 2 de junho.

 

Euro 2020. Portugal cai nas meias-finais perante a campeã Bélgica, prevê o Goldman Sachs (com áudio)

Relacionadas

Euro 2020. Portugal cai nas meias-finais perante a campeã Bélgica, prevê o Goldman Sachs (com áudio)

Um cenário em que Cristiano Ronaldo e companhia sejam novamente campeões europeus é mais improvável do que uma vitória de França (10,2%), Itália (10,4%), Inglaterra (12,9%), Espanha (13,1%) e  Bélgica (17,1%).
Recomendadas

“Jogo Económico”. “Operação do Neymar foi complexa, de certa forma ‘divisora de águas’”, recorda advogado do jogador

Marcos Motta, advogado do jogador brasileiro e de algumas das maiores estrelas da indústria do entretenimento do Brasil, convidado na última edição da plataforma multimédia JE TV, foi um dos protagonistas principais nessa operação que envolveu 36 horas de negociações ininterruptas.

Gilberto Silva, ex-jogador e campeão do mundo em 2002, ao JE: “Conheci o trabalho antes do futebol”

Aquele que é considerado um dos melhores médios da história do futebol brasileiro, foi convidado na última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, e falou da sua experiência enquanto jogador e como esse percurso sinuoso o ajudou a acompanhar de forma mais eficaz alguns dos maiores talentos do futebol mundial.

Benfica sofre primeira derrota na ‘Champions’ ao ser goleado pelo Bayern de Munique

O Benfica manteve-se no segundo lugar do grupo, com quatro pontos, agora mais distante do Bayern, com nove, e mais pressionado na última posição de acesso aos oitavos de final pelo FC Barcelona, que totaliza três, graças ao triunfo por 1-0 alcançado hoje na receção ao Dínamo de Kiev, último classificado, com um ponto.
Comentários