Já viu o ‘Jogo Económico’? Miguel Oliveira acelera Moto GP em Portugal já em 2022

Jorge Pessanha Viegas, presidente da Federação Internacional de Motociclismo, esteve em estúdio e avaliou oportunidade criada com a presença de Miguel Oliveira entre os melhores pilotos do mundo de Moto GP.

O ano de 2019 pode ser uma excelente ‘janela de oportunidade’ para o motociclismo português: pela primeira vez, Portugal tem um piloto a correr entre os ‘ases’ do Moto GP (Miguel Oliveira) e desde dezembro de 2018, a Federação Internacional de Motociclismo é liderada por um português: Jorge Pessanha Viegas.

Jorge Pessanha Viegas esteve em estúdio, para debater as possibilidades que estão a ser criadas para o desenvolvimento do motociclismo em Portugal e para o devido reconhecimento do talento nacional a nível internacional nas diversas modalidades que compreende o motociclismo.

O presidente da Federação Internacional de Motociclismo junta-se aos comentadores residentes, Luís Miguel Henrique e João Marcelino, moderados pelo jornalista José Carlos Lourinho, para debater ainda as possibilidades que se criam com a candidatura de Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, para receber os melhores pilotos de Moto GP daqui a três anos, em 2022.

Nas perguntas dos leitores, João Marcelino e Luís Miguel Henrique falam sobre a dificuldade que FC Porto e SL Benfica estão a sentir para renovar com três dos melhores jogadores a atuar em Portugal: Herrera, Brahimi e Samaris.

Recomendadas

David Goffin recebe último ‘wild card’ para participar no Millennium Estoril Open

Antigo número 7 do mundo, o belga Goffin ocupa atualmente a 22º posição no ranking da ATP.

Conselho Fiscal do Sporting abre inquérito face às conclusões da auditoria

O Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting abriu esta quarta-feira um procedimento de inquérito prévio face à gravidade dos factos constantes nos dois relatórios da auditoria de gestão relativos ao período de junho de 2013 a junho de 2018.

‘Show’ de Senna no Estoril foi há 34 anos

O icónico capacete amarelo esteve sempre na liderança durante as 67 voltas do grande prémio do Estoril, , estreando-se no lugar mais alto do pódio. Foi a primeira de muitas, o resto é história – 41 vitórias, 65 pole positions e 3 campeonatos do mundo.
Comentários