JBCapital Markets: corretora espanhola quer colocar na Euronext Lisbon mais empresas nacionais

A empresa está no mercado português para “longo-prazo”, disse Alberto García Elias, conselheiro delegado da sociedade, que não descartou a hipótese de colocar mais empresas na bolsa nacional.

JBCAPITAL MARKETS

A corretora espanhola JBCapital Markets tornou-se esta sexta-feira intermediário financeiro membro da Euronext Lisbon e está no mercado português para “longo-prazo”, disse Alberto García Elias, conselheiro delegado da sociedade, que não descartou a hipótese de colocar mais empresas na bolsa nacional.

O conselheiro-delegado explicou que, em principio, quer “colocar empresas portuguesas na bolsa portuguesa e empresas espanholas na bolsa espanhola”.

A JBCapital Markets participou no ‘dual listing’ da Merlin Properties, a imobiliária espanhola que se estreou na bolsa portuguesa no dia 15 de janeiro, numa operação em que a corretora participou enquanto ‘market maker’ – coloca ordens de compra no mercado junto de investidores gerando interesse em operações financeiras.

Participou ainda na operação de venda de capital que a EDP na REN e na venda do negócio do Barclays em Portugal ao Deutsche Bank, cuja banca de retalho foi comprada pelo Abanca no ano passado, e na tentativa de entrada em bolsa da Sonae MC em que 2018, euros que acabou por não ter êxito.

Sobre as oportunidades para fazer negócio em Portugal, Alberto García Elias salientou os setores das energias renováveis, do imobiliário, mid-caps nacionais e materiais.

A JBCapital Markets cobre 16 das 18 cotadas que integram o PSI-20 – não produz research sobre a Galp nem os CTT -, mas pretende cobrir o índice na sua totalidade. Fora do índice, cobre ainda, além da Merlin, a Novabase e a Vista Alegre.

Fundada em 2008 por Javier Botín, a JBCapital Markets está sedeada em Madrid e a possibilidade de abrir um escritório em Lisboa não está “contemplada”, disse Alberto García Elias.

“Queremos fazer mais dinheiro e provavelmente vamos ter um sénior aqui”, revelou o conselheiro-delegado, acrescentando que há sete portugeses que integram a equipa da banca de investimento.

Isabel Ucha, presidente da Euronext, disse que a JBCapital Markets demonstrou “determinação em investir em Portugal e que haverão oportunidades para explorar o mercado nacional”. “São boas notícias para a economia e as empresas nacionais”.

Ler mais

Recomendadas

“Corremos o risco de a zona euro quebrar”, afirma governador do Banco de Portugal

Carlos Costa diz que “nenhuma economia está preparada para uma crise desta natureza” e volta a defender os ‘coronabonds’, em entrevista ao semanário “Expresso”.

Wall Street cai mais de 3% apesar da “bazuca” de 2,2 biliões de dólares

Março de 2020 ficará para a história dos mercados como um dos meses mais loucos de sempre. NYSE fechou em queda num dia em que Congresso dos Estados Unidos entrega um pacote de resgate de 2,2 biliões de dólares.

Bolsas regressam às quedas com setor automóvel a liderar. BCP cai 4% ao adiar dividendos

As desvalorizações mais expressivas dos setores Auto e de Viagens & Lazer espelham a preocupação dos investidores quanto à evolução da pandemia Covid-19, segundo a análise do analista da Mtrader. O BCP cai em bolsa 4% depois de cancelar dividendos e em dia de moratória de créditos.
Comentários