Jerónimo de Sousa diz que o único voto contra o PSD na Madeira é na CDU

O secretário-geral da CDU disse que o novo rumo da região não está no PSD e PS. Jerónimo de Sousa disse que quanto mais força tiver a CDU mais força terão os trabalhadores.

O secretário-geral da CDU, Jerónimo de Sousa, afirmou, na Madeira, que o PS não é alternativa mas uma alternância para manter as mesmas políticas e interesses do PSD. O dirigente comunista afirma que o único voto contra o PSD e a sua política é na CDU.

“O novo rumo para a região não está no PSD e PSD. Não se iludam com as faltas promessas do PS. O PS não é alternativa mas alternância para manter as mesmas políticas e interesses do PSD. O único voto contra o PSD e a sua política é o voto na CDU. A CDU está preparada para assumir todas as responsabilidades que o povo quiser dar para construir uma política ao serviço dos trabalhadores e do povo”, defendeu Jerónimo de Sousa.

O secretário-geral da CDU apelou a que se “não se desperdice votos em candidaturas inconsequentes” que só servem para dar espaço às políticas de direita e aos objetivos do PSD e do PS. Jerónimo de Sousa acrescentou que a CDU “não semeia promessas” para ser esquecido no dia seguinte.

“Quanto mais força a CDU tiver mais força terão os trabalhadores”, vincou. Jerónimo de Sousa sublinhou que o partido tem a confiança e determinação de uma força de cabeça erguida, pelas garantias que dá aos trabalhadores bem como pela voz que dá aos seus direitos e reivindicações.

Recomendadas

Restaurante Galáxia SkyFood apresenta nova carta

O restaurante abriu com uma carta simples e segura, mas durante a paragem provocada pela pandemia os chefs decidiram inovar e criar uma nova carta, que, no entanto, mantém alguns pratos da carta antiga.

Covid-19: Madeira mantém 23 casos ativos

“Durante o dia de hoje, foram identificadas mais três situações que se encontram em estudo pelas autoridades de saúde”, refere o boletim epidemiológico do IASAÚDE, acrescentando tratarem-se de “viajantes identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio da covid-19 do Aeroporto da Madeira”

Câmara do Funchal investe 24 mil euros na requalificação da Escola Visconde Cagongo

Estas são obras executadas exclusivamente com meios internos da Autarquia e visam a substituição do pavimento da entrada da escola de pedra rolada para betonilha, de forma a tornar o piso mais seguro, já que em dias de chuva ficava muito escorregadio
Comentários