PremiumJoe Berardo apresenta recurso na Relação contra arresto de imóveis de luxo

CGD avançou com arresto de bens para recuperar dívidas de 50,2 milhões. Empresário contestou e perdeu recurso, apelando agora a tribunal superior.

Relacionadas

Exclusivo: Conselho das Ordens Honoríficas remete decisão sobre Berardo para próxima reunião

O Conselho das Ordens Honoríficas reuniu esta sexta-feira para analisar o parecer de Mota Amaral, instrutor do processo disciplinar contra Joe Berardo. Não foi tomada nenhuma decisão, tendo sido remetido o desfecho deste processo para um próximo encontro que só ocorrerá no próximo ano.

PremiumMarcelo rejeita “pressão” de Berardo para afastar Marques Mendes

Berardo acusa advogado de comentar em causa própria na SIC e pede saída do Conselho de Estado, sabe o JE. Belém reage: Marcelo “não é pressionável”.

PremiumBerardo vai manter condecorações

Relatório final sugere repreensão como desfecho do processo disciplinar. Pedido público de desculpas e não ter sido condenado justificam decisão.

Joe Berardo pede arquivamento do processo de retirada de comenda

De acordo com a defesa de José Berardo, assinada pelo advogado Paulo Saragoça da Matta, a nota de culpa direcionada ao empresário diz respeito “à descrição dos atos prévios” à instauração do processo disciplinar, e não a uma descrição do “concreto comportamento” do empresário na Assembleia da República.

PremiumJoe Berardo pede fim do arresto e diz que coleção vale 1,3 mil milhões

Defesa do empresário contesta medida preventiva em tribunal. Diz que cai por terra risco de dissipação de obras com “o sucesso do arresto” e pede que seja levantado arresto de mais de 2.200 peças.

CGD arresta quadros e esculturas da casa de Joe Berardo para executar dívida de 50 milhões de euros

As obras de arte foram retiradas da residência de luxo do empresário na Avenida Infante Santo em Lisboa. Em junho a Caixa Geral de Depósitos avançou com arresto de bens para recuperar uma dívida de 50,2 milhões do grupo Joe Berardo.
Recomendadas

PremiumEstudante da UA integra liderança de organização mundial

Carlos Pinto foca a sua investigação na tecnologia de alta pressão, que permite a pasteurização de alimentos a frio.

PremiumDespenalizar não é querer, é respeitar

Despenalizar a eutanásia, e o suicídio assistido, não significa ser a favor da eutanásia. Mesmo nas circunstâncias restritas que vão ser discutidas e eventualmente aprovadas dia 20, o Estado não será a favor da eutanásia. Dizer o contrário é tão falso como, permita-se o paralelo, dizer que o Estado é a favor da interrupção voluntária da gravidez porque a despenalizou.

PremiumNuno Faria: “Negócios entre Portugal e Irão estão em ponto morto”

O advogado Nuno Pinto Coelho de Faria realça que a escalada das tensões no Médio Oriente travou contactos “muitíssimo evoluídos” no setor farmacêutico.
Comentários