“Jogo Económico”. “Benfica SAD? Empréstimo obrigacionista de 35 milhões acabou por ser um sucesso”

Na análise a este resultado na última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, o economista e ex-futebolista Diogo Luís considerou que este processo acabou “por ser um sucesso”, apesar das circunstâncias negativas que ensombraram este empréstimo.

A oferta pública de subscrição de obrigações da Benfica SAD (2021-2024) alcançou o montante total de 35 milhões de euros pretendido pelos ‘encarnados’, segundo os resultados divulgados pela Euronext, a gestora da bolsa portuguesa, no passado dia 26 de julho.

A procura válida foi de 35.179.705 euros, ou seja, ligeiramente acima da oferta de títulos disponível neste empréstimo obrigacionista, que contou com um total de 1.887 investidores.

Na análise a este resultado na última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, o economista e ex-futebolista Diogo Luís considerou que este processo acabou “por ser um sucesso”, apesar das circunstâncias negativas que ensombraram este empréstimo.

Relacionadas

6 em 18: como o distrito de Braga domina a I Liga. Veja o “Jogo Económico”

Acompanhe o “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.
Recomendadas

Lista do quadros do Montepio alerta que 57% dos associados não pode votar presencialmente

“Verificou-se que a atual Administração optou por deixar de fora do voto presencial os Associados dos Açores, Madeira, Faro, Évora, Beja, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Setúbal, Leiria, Aveiro, Coimbra, Viseu, Viana do Castelo, Bragança, Braga, Santarém e Vila Real”, alerta a lista liderada por Pedro Gouveia Alves.

Marcelo defende que Estado e privados se unam na reconstrução do turismo

“É necessário que os agentes privados e os poderes públicos tenham uma visão coletiva a médio prazo. Os privados sabem que a retoma da atividade turística requer um horizonte a vários anos. É bom que Estado partilhe essa necessidade de uma visão a médio e longo prazo para o turismo”, defendeu o Chefe de Estado.

5G: Com novas regras em vigor, propostas somam os 375,4 milhões

As propostas dos operadores no leilão 5G somaram hoje 375,4 milhões de euros, no 180.º dia de licitação principal, de acordo com os dados divulgados pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).
Comentários