“Jogo Económico”. “Centralização tornaria Liga mais competitiva e com mais receitas”

Fernando Parente, presidente da Associação Portuguesa de Gestão de Desporto, considerou, na última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, que a centralização dos direitos televisivos trará mais competitividade e receitas à Liga portuguesa.

Recomendadas

Superliga: Criadores pretendem remodelar prova após êxodo dos ingleses (com áudio)

O Manchester City foi o primeiro dos clubes ingleses a oficializar, na terça-feira, a saída da Superliga, seguindo-se, pouco depois e praticamente ao mesmo tempo, Arsenal, Liverpool, Manchester United e Tottenham, antes de o Chelsea consumar o abandono de toda a ‘elite’ do futebol britânico, já na madrugada de hoje.

Superliga: Arsenal, Liverpool, Tottenham e Manchester United também abandonam

Os ‘citizens’ anunciaram anteriormente que já tinham iniciado formalmente o procedimento para se retirarem do grupo responsável pelo desenvolvimento do projeto da Superliga europeia, tendo agora sido seguidos por mais estes quatro clubes ingleses, estando ainda na calha a eventual saída do Chelsea.

Fernando Santos mostra-se “totalmente contra” criação da Superliga

“Nem me passa pela cabeça que isso possa ser viável, sinceramente. Não faz nenhum sentido. O que vai trazer de positivo ao futebol? Menor qualidade, só”, referiu o selecionador nacional.
Comentários