‘Jogo Económico’: Da SuperLiga à Liga dos Campeões. Quais são os desafios para quem rege o futebol europeu?

Seriam necessárias quatro épocas de Liga Europa para igualar o valor que a UEFA vai destinar esta época à Liga dos Campeões: 2 mil milhões de euros. Qual o impacto destas verbas na competitividade (ou falta dela) nas Ligas nacionais? Saiba as respostas nesta edição do Jogo Económico.

Oeiras recebeu a edição 2019 da Soccerex Europe no início de setembro e foram muitos os temas em debate, com impacto naquele que será o futuro da Europa do futebol. Do futuro do futebol europeu ao mercado de transferências passando pelos modelos de negócio dos clubes e acesso às tecnologias, nada ficou por discutir na grande cimeira empresarial do futebol europeu.

A Soccerex já passou por 19 cidades e 13 países diferentes, tendo chegado pela primeira vez a Portugal este ano. Para esta edição do ‘Jogo Económico’, que irá para o ar esta sexta-feira às 20h00 no site do Jornal Económico e das redes sociais, contamos com a presença de João Malha, da Empower Sports, empresa que fez a comunicação deste evento.

Na véspera da estreia do SL Benfica na Liga dos Campeões, debatemos ainda com Luís Miguel Henrique e João Marcelino, as diferenças de verbas entre a Liga dos Campeões e a Liga Europa, onde vão estar clubes como o FC Porto, Sporting CP, Sp. Braga e Vitória de Guimarães. A receita comercial bruta para a Liga dos Campeões e Liga Europa 2019/20 e SuperTaça Europeia 2019 foi estimada em cerca de 3,25 mil milhões de euros. Esta época, a UEFA vai distribuir 2,04 mil milhões de euros pelos clubes participantes na Liga dos Campeões e SuperTaça Europeia Para a Liga Europa, a UEFA tem um valor previsto de 510 milhões de euros para distribuir.

Recomendadas

Detalhes de um divórcio. Quatro pontos fundamentais para compreender o acordo de Brexit

Para perceber o que representa a saída do Reino Unido da União Europeia, há que entender os quatro pontos fundamentais em que se baseia o acordo de saída.

‘Jogo Económico’: Como o ‘mental coach’ pode recuperar ‘ativos’ de milhões de euros

O desporto da atualidade, seja qual for a modalidade, exige do atleta performance física, técnica, tática mas também mental/emocional. Que importância tem esta última componente num atleta de alta competição? João Alberto Catalão, coach & mentor de executivos, é o convidado desta edição.

Assista à intervenção de Carlos Fonseca, Embaixador de Angola, no ICPT com o tema “A diversificação da economia angolana”

O Embaixador de Angola, Carlos Fonseca, vai hoje ao International Club of Portugal para falar sobre “A diversificação da economia angolana”. Acompanhe esta intervenção em direto.
Comentários