“Jogo Económico”. “SL Benfica? Olhamos para o plantel e não vemos nenhum jogador com grande potencial”

A contratação de Darwin Nuñes, por 24 milhões de euros, e de Everton, por 20 milhões, foram abordadas na última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV. Diogo Luís, economista e ex-futebolista, considera que é difícil vislumbrar potencial no atual plantel do SL Benfica.

Na época em que o SL Benfica fez o maior investimento da sua história e o maior alguma vez feito no futebol português (105 milhões de euros em contratações), a última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, analisou como está a ser rentabilizado esse esforço financeiro por parte da Benfica SAD.

“Se olharmos para o atual plantel do SL Benfica não vemos nenhum jogador com grande potencial. Vemos o Darwin e já desconfiamos do seu potencial. Olhamos para o Everton e temos um jogador que esteve muito bem na Copa América pela Seleção do Brasil e não consegue aparecer”, realçou o economista e ex-futebolista Diogo Luís, numa análise a alguns dos reforços do SL Benfica para esta temporada.

Relacionadas

SL Benfica: porque está a falhar o maior investimento da história? Veja o “Jogo Económico”

Porque está a falhar a equipa depois de tanto dinheiro investido? Poderá Jesus protagonizar o plano B na Luz? Quem é o maior responsável pela época menos conseguida das águias? Luís Vilar, diretor da FCSD da Universidade Europeia e António Simões, ex-jogador e treinador respondem a estas questões nesta edição do “Jogo Económico”.
Recomendadas

PremiumApostas online: Mercado vai continuar a crescer em 2021

Com casas de apostas fechadas e uma nova restrição de horários para a publicidade televisiva, as principais operadoras em Portugal decidiram reforçar a sua presença online. Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos antecipa que a tendência de crescimento observada em 2020 se mantenha também este ano.

Contas dos três grandes ‘à lupa’: quem menos perdeu com a pandemia? Veja o “Jogo Económico”

Ativos, passivos, receitas operacionais, dívidas com empréstimos, gastos com pessoal e muito mais. Nesta edição, vamos escrutinar as contas do primeiro semestre desta temporada das SADs de Benfica, FC Porto e Sporting e ainda perspetivar como será uma Liga com direitos televisivos centralizados.

F1 em Portugal: Região de Turismo do Algarve defende que região é um palco aberto e seguro

A Região de Turismo do Algarve destacou esta sexta-feira o esforço das várias entidades para trazerem a Fórmula 1 (F1) de novo a Portugal, numa prova que pode ser um palco para mostrar que o destino está aberto e é seguro.
Comentários