KKR investe 150 milhões na MasterD para apoiar desenvolvimento profissional em Portugal

A KKR, firma de investimento líder, e a MasterD, empresa líder em formação em Portugal e Espanha, anunciaram hoje um acordo através do qual a KKR adquirirá uma participação maioritária na MasterD. O seu fundador, Luis Gómez, e a equipa de direção vão reinvestir na empresa em conjunto com a KKR.

KKR

A KKR, sociedade de private equity norte-americana, adquiriu uma participação maioritária na empresa de formação e certificação profissional MasterD, para apoiar desenvolvimento profissional e de competências em Portugal.

“A KKR, firma de investimento líder, e a MasterD, empresa líder em formação em Portugal e Espanha, anunciaram hoje um acordo através do qual a KKR adquirirá uma participação maioritária na MasterD. O seu fundador, Luis Gómez, e a equipa de direção vão reinvestir na empresa em conjunto com a KKR. Não será divulgada mais informação financeira”, lê-se no comunicado. O Jornal Económico sabe, no entanto, que o investimento do KKR foi de 150 milhões de euros.

Este investimento faz parte da estratégia de impacto global da KKR, e trata-se do segundo investimento do seu Global Impact Fund na Europa, após o investimento na Viridor, a empresa líder em gestão de resíduos responsável e reciclagem no Reino Unido.

O Global Impact Fund da KKR centra-se em gerar rendibilidades ajustadas ao risco ao investir em empresas que contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

A KKR investiu mais de 5 mil milhões de dólares na Península Ibérica desde 2010, incluindo transações em private equity, infraestruturas e outras classes de ativos, com investimentos em empresas como a portuguesa OutSystems.

O investimento na MasterD surge no seguimento da operação realizada pela KKR no ano passado na Burning Glass, “um importante fornecedor de dados analíticos do mercado laboral que monitoriza a oferta e a procura para informar sobre padrões de contratação e desenvolvimento de competências”.

O que é a MasterD?

Fundada em 1994 e com sede em Saragoça, a MasterD oferece anualmente mais de 280 cursos a mais de 50 mil formandos em Espanha e Portugal (centros em Lisboa, Porto, Coimbra e Faro). Estes cursos incluem formação vocacional e certificações profissionais para o setor privado, bem como a preparação para exames de concursos públicos em diferentes áreas.

Em comunicado, a KKR explica que o mercado da formação e certificação profissional, assim como o da preparação para exames, registou um crescimento significativo nos últimos anos com o objetivo de dar resposta à procura de formação e qualificação profissional em Portugal, “num momento em que o país procura abordar os desafios da desadequação de competências da população e do desemprego, especialmente entre os jovens”.

“A formação e a requalificação profissional são prioridades políticas chave, tanto para os licenciados que possam necessitar de competências técnicas, como para os não licenciados que procuram encontrar novas vias para aceder a um emprego”, refere o comunicado.

A MasterD “tem uma ampla oferta para apoiar os formandos, em todas as fases do seu desenvolvimento profissional e educativo, e que queiram melhorar as suas perspetivas de emprego ou progressão na carreira”.

No comunicado Stanislas de Joussineau, diretor da KKR e diretor de impacto global na EMEA [Europa, Médio Oriente e África], afirmou: “A MasterD está a ajudar a dar resposta a um desafio social crítico ao melhorar a empregabilidade e as competências, algo que está estreitamente alinhado com os objetivos da estratégia da KKR em torno do investimento de impacto”.

“Os resultados obtidos pelos formandos e a melhoria das suas perspetivas atestam a qualidade dos cursos e da plataforma construída pelo fundador e a equipa gestão”, diz o gestor da KKR.

Luis Gómez e Antonio Mayoral Serrate, fundador e CEO, respetivamente, da MasterD, explicaram na nota enviada às redações que “sabemos que a KKR partilha plenamente a nossa missão de ajudar os formandos de toda a Península Ibérica a obter qualificações e competências que os ajudem a progredir nas suas carreiras profissionais”.

“A missão da MasterD sempre foi melhorar a empregabilidade. Reduzir o défice de competências nunca foi tão fundamental para apoiar a recuperação económica como atualmente. Com o apoio da KKR, estamos entusiasmados por poder investir no apoio a ainda mais pessoas que queiram ter sucesso no mercado de trabalho”, concluem.

Ler mais
Recomendadas

Linha de apoio a micro e pequenas empresas disponível a partir desta quarta-feira

Para se poderem candidatar, as empresas terão de apresentar uma quebra abrupta e acentuada de pelo menos 40% da sua faturação, e não poderão ter beneficiado das anteriores linhas de crédito com garantia mútua. A SPGM avisa que as empresas em dificuldades não podem ter sede em países ou regiões com regime fiscal mais favorável (‘offshore’)”.

Farmacêutica Pfizer inicia ensaio clínico com quase 30 mil participantes

A farmacêutica norte-americana Pfizer e a biotecnológica alemã BioNTech iniciaram um ensaio clínico de uma potencial vacina para a Covid-19 envolvendo cerca de 30 mil participantes, foi anunciado esta quarta-feira.

Facebook lança versão do Tik Tok através do Instagram

O Reels é a aplicação que a empresa de Mark Zuckerberg criou para fazer frente ao rival Tik Tok. O lançamento acontece dias depois sa Microsoft anunciar as negociações para adquirir as operações nos EUA da aplicação de video da ByteDance na China.
Comentários