Lisboa tem 10 startups do momento para a revista Wired

A capital e o talento português já mostraram que «não brincam em serviço», com a criação de três unicórnios conhecidos na rede internacional: OutSystems, Talkdesk e Farfetch. A revista “Wired” criou uma lista das 10 startups do momento em Lisboa, entre as 100 “mais quentes” da Europa.

Lisboa está a mostrar ao mundo que se está a empenhar na criação de startups e com a inovação tecnológica que estas trazem à cidade. A capital e o talento português já mostraram que «não brincam em serviço», com a criação de três unicórnios conhecidos na rede internacional: OutSystems, Talkdesk e Farfetch. A revista “Wired” criou uma lista das 100 startups mais promissoras da Europa, onde se situam as 10 startups do momento em Lisboa.

Na lista consta o nome da Sound Particles, fundada por Nuno Fonseca, que se foca no uso de efeitos sonoros para os efeitos do cinema, como explosões. A startup portuguesa marcou presença em produções internacionais, como ‘A Guerra dos Tronos’, ‘Liga da Justiça’, ‘Homem Aranha: Regresso a Casa’, ‘Mulher Maravilha’ e ‘Steve Jobs’.

A Barkyn também entra na lista, em terceiro lugar. A startup criada por André Jordão e Ricardo Macedo distribuí uma caixa para animais de estimação, após a subscrição mensal cujo preço pode ir dos 25 aos 45 euros. Com o mercado de animais a crescer e com uma maior atenção em relação à alimentação dos animais, a startup fundada em 2017 angariou 1,7 milhões de euros e está disponível em Portugal, Espanha e Itália.

A ideia de Virgílio Bento levou a que fundasse, em conjunto com Márcio Colunas e André Santos, a Sword Health. Esta startup é um serviço de terapia digital, que leva a terapia à casa dos pacientes de forma mais rápida e a um custo menor do que as deslocações permanentes. Em abril deste ano, a startup conseguiu reunir oito milhões de euros.

Controlar o ambiente sem lhe tocar era o sonho de Ricardo Santos e Mauro Peixe. Criadores da Heptasense conseguiram criar um software de análise de vídeo que permite a identificação de diversos comportamentos, sendo que a Vodafone, BMW e Mercedes-Benz são alguns dos clientes já em carteira. A presença nesta tabela da revista internacional não é novidade.

Além destas, estão ainda destacadas startups como a que foi responsável pela criação do primeiro supermercado autónomo Sensei – que também já tinha sido distinguida em anos anteriores -, a aplicação de entrega de refeições EatTasty, a loja online de colchões Koala Rest, a loja online onde pode desenhar os seus sapatos Undandy, a DefinedCrowd e a Attentive.

Ler mais
Relacionadas

Startup portuguesa de colchões Koala Rest chega a Espanha

A Koala Rest vai ter um showroom em Madrid, depois da entrada de investidores como a Singularity Capital, através de Cláudia Almeida e Silva, do CEO da Solzaima, Nuno Sequeira, e do co-founder da Uniplaces Miguel Santo Amaro.

EatTasty anuncia ronda de investimento de 1,1 milhões de euros

O fundo de venture capital Indico Capital Partners adiciona ao seu portefólio empresa com conceito inovador de comida online.

Trinta marcas portuguesas de moda reunidas em Paris este mês

A iniciativa, que se realizou pela primeira vez em 2017, servirá para “apresentar ao público especializado as propostas para a estação primavera/verão 2020 de designers, marcas industriais, calçado e joalharia num espaço de partilha com o ‘lifestyle’ português”.

Indico lidera investimento de 1,7 milhões de euros na Barkyn

Além de Portugal, a Barkyn opera em Espanha e Itália e foi uma das oito startups selecionadas pela Google para o seu programa de crescimento.
Recomendadas

Costa avisa Comissão Executiva da TAP que plano de rotas “não tem credibilidade”

O primeiro-ministro afirmou hoje que a Comissão Executiva da TAP tem o dever legal de “gestão prudente” e “não tem credibilidade” um plano de rotas sem prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras de Portugal.

Presidente do Novo Banco sobre ida ao Parlamento: “Será uma audição curiosa”

“Como nem os bónus foram pagos nem os aumentos [salariais da administração] existiram, será uma audição curiosa”, reagiu António Ramalho depois do Parlamento ter aprovado por unanimidade a sua audição.

Marcelo abre a porta a festivais com lugares marcados e distanciamento social. Avante fora das proibições

Festivais de verão podem-se realizar desde que “haja lugares marcados e a lotação e o distanciamento físico sejam respeitados”, segundo o Presidente da República.
Comentários