Localie reiventa-se em plena pandemia e mantém planos para a Madeira

Com as ‘tours’ presenciais suspensas devido à pandemia, a Localie foi obrigada a reinventar-se e já recuperou 50% da receita média de 2019.

A startup holandesa de turismo Localie visitou a Madeira pela primeira vez em janeiro deste ano, durante o Madeira Startup Retreat, um programa desenvolvido pela Startup Madeira e pelo Turismo de Portugal, em parceria com a Nova SBE. Desde essa altura que faz planos para abrir um escritório na Madeira, que agora foram adiados para o próximo inverno, à conta da pandemia da Covid-19.

Com o setor do turismo parado, a Localie, que vende essencialmente tours personalizadas por pessoas locais, foi obrigada a reinventar-se. O CEO da startup, Nick Nedelchuck, realça que “a pandemia tornou difícil ou até mesmo impossível continuar com a estratégia de expansão que tínhamos antes. Tivemos de nos ajustar e de arranjar uma nova forma de atrair os nossos utilizadores para novos mercados”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 12 de junho.

Relacionadas

Eficiência evitou rutura de ‘stocks’ nas grandes superfícies

A rapidez na adaptação a uma nova realidade e a utilização de tecnologias permitiu às cadeias retalhistas manter o abastecimento sobre rodas. Apps e MB Way destacaram-se nas compras online.

Startups aceleradas pela Semapa e Techstars tentam captar investidores online: “Importa focarem-se no que controlam, liquidez e cash-flow”

Empresas de Portugal, Estados Unidos, Austrália, Israel e França deram a conhecer os seus projetos a mais 200 investidores internacionais. Hugo Augusto, diretor geral da Techstars Lisbon, garante ao Jornal Económico que irão continuar a acompanhar os alumni já a partir de junho.

Associação de ‘business angels’ investiu 13,3 milhões de euros em Portugal em 2019

O maior montante de investimento reportado pela APBA foi de aproximadamente 4,3 milhões de euros enquanto o menor foi de cerca de 39.500 euros.
Recomendadas

Pandemia mostrou que a Madeira precisa de autonomia mais ampla, diz presidente do Governo Regional

O presidente do executivo madeirense disse ficou evidente aos olhos de todos, sobretudo no início desta crise pandémica, “quão necessário é assegurar para a nossa região uma autonomia mais ampla, que proporcione maiores poderes de decisão aos nossos órgãos de governo próprio”.

Madeira: inscrições no centro de emprego crescem 6%

As ofertas de emprego desceram 71% em termos homólogos, enquanto que as inserções no mercado de trabalho do longo de maio caíram 45%.

Saiba que cuidados tem de ter nos contratos de crédito online

É importante que analise o mercado, compare e simule as propostas de crédito apresentadas por várias entidades financeiras.
Comentários