Lucro da Brisa tomba 57% para 34,5 milhões no semestre com queda de quase um terço no tráfego

“Durante os primeiros seis meses do ano, observou-se uma variação negativa do Tráfego Médio Diário(TMD) de 32,2% face ao primeiro semestre de 2019, a que correspondeu um volume de tráfego de 13.452 veículos por dia”, explicou a Brisa.

O lucro líquido da Brisa Concessão Rodoviária, S.A. afundou 58,8% nos primeiros seis meses do ano para 34,5 milhões de euros, castigado por uma descida de 32,2% no tráfego médio diário, devido às restrições impostas à circulação de pessoas para combater a pandemia de Covid-19, informou a empresa esta quarta-feira.

Em comunicado divulgado no site da CMVM, a Brisa adiantou que o resultado operacional (EBITDA) no primeiro semestre de 2020 foi de 147,3 milhões de euros, o que representa um decréscimo de 36,6% ou de 85,1 milhões face ao mesmo período do ano anterior.

“Durante os primeiros seis meses do ano, observou-se uma variação negativa do Tráfego Médio Diário
(TMD) de 32,2% face ao primeiro semestre de 2019, a que correspondeu um volume de tráfego de 13.452
veículos por dia”, explicou.

“A circulação caiu 31,8%, ligeiramente menos do que o TMD, beneficiando do facto de
2020 ser um ano bissexto”, referiu, enquanto a variação do tráfego orgânico também foi negativa, atingindo os 29,1%.

“Todas as autoestradas da concessão registaram decréscimos de procura, tendo o TMD caído entre
18,2% na A14 e 37,3% na A6”, acrescentou. “De realçar que a análise do tráfego por tipo de veículo teve uma evolução
favorável, tendo os veículos pesados registado um decréscimo bastante inferior ao dos veículos ligeiros
(-10,6% e -33,6%, respetivamente)”.

A empresa salientou, no entanto, que a 7 de abril , “já em plena pandemia” a agência de rating Fitch decidiu manter inalterada a notação atribuída à BCR e que no dia seguinte a Moody’s reviu a perspectiva de positiva para estável , mantendo inalterada a notação. As notações de rating atribuídas à BCR são de “A-” (Stable Outlook) pela Fitch Ratings e de “Baa2” (Stable Outlook) pela Moody’s.

Ler mais
Recomendadas

Linha de apoio a micro e pequenas empresas disponível a partir desta quarta-feira

Para se poderem candidatar, as empresas terão de apresentar uma quebra abrupta e acentuada de pelo menos 40% da sua faturação, e não poderão ter beneficiado das anteriores linhas de crédito com garantia mútua. A SPGM avisa que as empresas em dificuldades não podem ter sede em países ou regiões com regime fiscal mais favorável (‘offshore’)”.

Farmacêutica Pfizer inicia ensaio clínico com quase 30 mil participantes

A farmacêutica norte-americana Pfizer e a biotecnológica alemã BioNTech iniciaram um ensaio clínico de uma potencial vacina para a Covid-19 envolvendo cerca de 30 mil participantes, foi anunciado esta quarta-feira.

Facebook lança versão do Tik Tok através do Instagram

O Reels é a aplicação que a empresa de Mark Zuckerberg criou para fazer frente ao rival Tik Tok. O lançamento acontece dias depois sa Microsoft anunciar as negociações para adquirir as operações nos EUA da aplicação de video da ByteDance na China.
Comentários