Luís Filipe Vieira vende ações do Benfica a ‘rei dos frangos’

Jornal “Record” revela hoje que o comprador destas ações é o empresário José António dos Santos que está a reunir o capital necessário para vender 25% da Benfica SAD por 50 milhões ao investidor norte-americano John Textor.

Atónio Cotrim/Lusa

Luís Filipe Vieira vai vender as suas ações do Benfica ao empresário José António dos Santos, conhecido por ‘rei dos frangos’, revela hoje o jornal “Record”. O objetivo do empresário português é reunir os 25% de capital da Benfica SAD para vender ao empresário norte-americano John Textor.

Por sua vez, este empresário veio hoje a público anunciar que não chegou a acordo para comprar as ações de Luís Filipe Vieira.

“Não tenho estado em contacto com o senhor Vieira ou um dos seus representantes, desde o nosso breve encontro em junho. Não fiz qualquer tentativa de comprar ações do Benfica, sem ser as que acordei com o sr. Santos”, disse o empresário norte-americano ao jornal “A Bola”.

O antigo presidente do Benfica tem uma proposta para vender as ações que representam 3,28% do capital da SAD. A proposta de 7,80 euros por ações pode representar um encaixe de 5,9 milhões de euros a Luís Filipe Vieira. Este valor representa um prémio de 62% face à cotação atual de 4,80 euros.

Todavia, o Benfica tem direito de preferência sobre esta participação minoritária, mas para a exercer vai ter de apresentar uma contrapartida idêntica. O clube tem até 15 de setembro para exercer este direito de preferência.

Recomendadas

SL Benfica com plantel mais valioso é favorito a vencer Sporting CP na Luz, segundo apostadores portugueses

Ainda que o SL Benfica leve vantagem na avaliação total do plantel, o Sporting CP iguala o rival nas avaliações singulares, ou seja, os dois jogadores mais valiosos de cada plantel valem 25 milhões de euros: Pablo Sarabia (Sporting CP) e Rafa Silva (SL Benfica).

Renovar Camp Nou para atrair público mais jovem vai custar 1,5 mil milhões de euros

o novo complexo desportivo do FC Barcelona será uma mistura entre o modelo norte-americano, utilizado no estádio do Tottenham FC, mas adaptado à capacidade atual de Camp Nou, de forma a poder acolher várias competições, incluindo desportos mais seguidos nos EUA.

Saco azul do FC Porto utilizado para pagar contas a líder da claque (com áudio)

Fernando Madureira terá recebido dinheiro do empresário Pedro Pinho proveniente das luvas que seriam entregues ao presidente do clube, Jorge Nuno Pinto da Costa.
Comentários