Madeira apresenta aumento de 13% na população estrangeira residente

Da população estrangeira residente na Madeira, 24% vêm da Venezuela, seguindo-se o Reino Unido (12%), Brasil (10%) e Alemanha (6%).

A Madeira teve em 2019 um aumento de 13% na população estrangeira residente, que ficou nos 8 mil 586, de acordo com a Direção Regional de Estatística (DREM). A Venezuela era o país mais representando com uma quota de 24%.

Depois da Venezuela, aparece o Reino Unido (12%), Brasil (10%) e Alemanha (6%).

Os estrangeiros vindos da Venezuela subiram de 1.590 para os 2.066, os do Reino Unido de 997 para os 1.102, os do Brasil de 824 para 863, e os da Alemanha de 498 para os 546.

Do total da população estrangeiro residente na Madeira, 8 mil 579 têm títulos de residência e sete vistos de longa duração diz a DREM.

53% da população estrangeira residente na Madeira encontra-se no Funchal, seguindo-se Santa Cruz (14%), e Calheta (8%) e Ribeira Brava (4,5%).

Recomendadas

Restaurante Galáxia SkyFood apresenta nova carta

O restaurante abriu com uma carta simples e segura, mas durante a paragem provocada pela pandemia os chefs decidiram inovar e criar uma nova carta, que, no entanto, mantém alguns pratos da carta antiga.

Covid-19: Madeira mantém 23 casos ativos

“Durante o dia de hoje, foram identificadas mais três situações que se encontram em estudo pelas autoridades de saúde”, refere o boletim epidemiológico do IASAÚDE, acrescentando tratarem-se de “viajantes identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio da covid-19 do Aeroporto da Madeira”

Câmara do Funchal investe 24 mil euros na requalificação da Escola Visconde Cagongo

Estas são obras executadas exclusivamente com meios internos da Autarquia e visam a substituição do pavimento da entrada da escola de pedra rolada para betonilha, de forma a tornar o piso mais seguro, já que em dias de chuva ficava muito escorregadio
Comentários