Madeira: CDS-PP denuncia “atrocidades” da República na gestão da pandemia

O CDS-PP diz que a gestão da pandemia efetuada pelo Governo da República tem colocado o país no caos. “Todos os dias entidades internacionais colocam Portugal na lista negra. Na saúde o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está praticamente a implodir”, afirmou Lopes da Fonseca.

O CDS-PP denunciou as “atrocidades” que foram cometidas por várias governantes da República na gestão da pandemia provocada pela covid-19.

“O PS Madeira não gosta de fazer comparações com o território nacional. A nível nacional está instalado o caos. Todos os dias entidades internacionais colocam Portugal na lista negra no que diz respeito à pandemia. Na saúde o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está praticamente a implodir. Existe uma péssima negociação do POSEI, e na educação estão de férias”, afirmou Lopes da Fonseca, deputado do CDS-PP, durante a sessão plenária que se realizou na Assembleia da Madeira.

“Com este PS, como é que os madeirenses podem confiar neste partido para governar a região”, questionou o deputado centrista.

Lopes da Fonseca disse que se vive momento difíceis e de coragem, para quem quem enfrenta a covid-19, e salientou as medidas difíceis para controlo da pandemia.

O centrista referiu que embora tenham sido tomadas medidas difíceis, para controlar a pandemia, a população tem aceitado essas medidas.

Recomendadas

Governo da Madeira dá até 3,8 milhões de euros à IHM para investimento em programas habitacionais sociais

O conselho de Governo decidiu ainda prolongar até 31 de março as isenções de rendas em diversas casas de abrigo.

Da CMVM à SDM: saiba quais as entidades que vão ser ouvidas sobre a Zona Franca

A Comissão de Orçamento e Finanças aprovou também a pronúncia da associação Transparência e Integridade e o Governo da Madeira.

Assembleia da Madeira dá 15 dias a parceiros sociais para se pronunciarem sobre descongelamento das carreiras de técnicos de diagnóstico e terapêutica

A comissão de Saúde e Assuntos Sociais aprovou ainda a subida a plenário de um Projeto de Resolução, do PCP, sobre a promoção da saúde mental em contexto covid-19, e aprovou a redação final da resolução sobre a inclusão das Novas Substâncias Psicoativas na Lei de Combate à Droga.
Comentários