PremiumMadeira diz que exclusão é “inadequada e injusta”

Reino Unido é tradicionalmente o segundo maior mercado turístico da RAM, só atrás da Alemanha, sempre com valores acima dos 20% nas dormidas.

O Governo do Reino Unido decidiu excluir Portugal do corredor verde, incluindo também a Madeira, numa decisão que o secretário regional do Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, considera “inadequada e injusta”. O governante diz que o executivo regional madeirense está em contacto com as entidades britânicas apresentando argumentos para uma discriminação positiva da região autónoma.

Entre os motivos apresentados pelo executivo britânico, liderado por Boris Johnson, para excluir Portugal dos países para onde se pode viajar sem dez dias de quarentena aquando do regresso esteve o aumento do risco de transmissibilidade da Covid-19.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 4 de junho.

Recomendadas

PremiumAbreu Advogados envia ao Governo propostas para apoiar sector artístico

Entre as 40 propostas de medidas, no âmbito de um movimento de artistas, encontra-se o pedido de subsídio de alimentação e contrato de trabalho obrigatórios e a extinção dos recibos verdes.

PremiumEleven: Alta cozinha no Alto do Parque

Em 2021, o chef Joachim Koerper, que trabalha no restaurante Eleven desde a sua fundação, celebra 50 anos de carreira.

PremiumProibido entrar e sair da Área Metropolitana de Lisboa este fim de semana

Medida serve “para procurar conter aumento de incidência” na região. Proibição, que se prolonga até segunda-feira às 6h00, não impede circulação entre concelhos da Área Metropolitana de Lisboa.
Comentários