Madeira: eurodeputada do PS saúda manutenção de verbas do POSEI

As dotações do POSEI, Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade nas RUP, mantêm-se.

A eurodeputada madeirense, eleita pelo PS, Sara Cerdas, saudou o acordo que foi alcançado sobre as medidas transitórias para a Política Agrícola Comum (PAC) que prevê a manutenção do regime POSEI, mecanismo que apoia a agricultura das regiões ultraperiféricas. Sara Cerdas refere que o Conselho chegou a um acordo informal com o Parlamento Europeu sobre a forma de prorrogar as regras da PAC em vigor, até ao final de 2022, permitindo distribuir aos agricultores europeus os 8,07 mil milhões de euros adicionais do instrumento de recuperação europeu. Neste acordo alcançado, as dotações do POSEI, Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade nas RUP, mantêm-se.

A socialista sublinha que a manutenção do POSEI vai permitir aos agricultores das regiões ultraperiféricas “maior segurança para ultrapassar as dificuldades que enfrentam e fazer face às consequências sociais e económicas provocadas pela COVID-19”.

sara cerdas refere que o POSEI é muito importante para os agricultores madeirenses e açorianos, “na medida em que permite fazer face os desafios específicos que as regiões ultraperiféricas enfrentam, nomeadamente afastamento, insularidade, pequena dimensão, topografia difícil e clima”.

A eurodeputada do PS destacou a forte posição do Parlamento Europeu que “se manteve unido, através dos vários grupos políticos, na defesa dos interesses das regiões ultraperiféricas. Destaco ainda o papel do governo português e da Comissária Europeia Elisa Ferreira, que reforçaram a necessidade de evitar quaisquer cortes neste programa”.

Recomendadas

Cerca de 40% dos alojamentos na Madeira tinham hóspedes em novembro

Entre janeiro e novembro de 2020, as dormidas em alojamento turístico na Madeira registaram um decréscimo de 66,1% comparativamente ao período homólogo, rondando os 2,6 milhões, enquanto os proveitos totais e de aposento apresentaram quebras de 68,2% e 68,3%.

Pandemia levou a tombo de 14,8% na atividade económica regional entre março e novembro de 2020

Dados do INE, revelados esta sexta-feira, revelaram que no conjunto das regiões portuguesas, a atividade económica tombaram significativamente. Algarve Madeira e Área Metropolitana de Lisbao viram a atividade económica cair mais do que a média nacional. Maiores tombos verificaram-se em atividades de alojamento e atividades artísticas, desportivas e recreativas.

Saiba quais as comissões que tem de pagar no crédito à habitação

As comissões devem constar da FINE – Ficha de Informação Normalizada Europeia. Esta deve ser entregue ao consumidor sempre que é feita uma simulação do crédito. Aconselhamos todos os consumidores a analisar esta ficha antes de contratar o crédito.
Comentários