Madeira: exportações crescem 48,6% e importações 9,6%

Em 2017, o saldo comercial das transações de bens registou um superavit de cerca de 5,6 milhões de euros, um máximo histórico que não se registava desde 1976.

Peter Nicholls/Reuters

Quer as exportações, quer as importações registaram um aumento em 2017, de 48,6% e 9,6% respetivamente. Os dados da Direção Regional de estatística da Madeira (DREM) revelam que, em termos globais, as exportações superaram os 146,7 milhões de euros, enquanto as importações rondaram os 141,2 milhões de euros, traduzindo uma taxa de cobertura das importações pelas exportações de 103,9%, mais 76,7% do que em 2016.

Os indicadores provisórios de 2017 relativos ao Comércio Internacional de Bens mostram que o saldo comercial das transações de bens registou um superavit de cerca de 5,6 milhões de euros, um máximo histórico desde 1976, altura em que começaram a existir dados disponíveis.

O saldo positivo na Balança Comercial com o estrangeiro em 2017 sucede ao défice de 30,0 milhões de euros registados em 2016. Segundo a DREM, o aumento das exportações foi determinado pelas transações comerciais de bens com os países Extra-UE, que passaram de 64,3 milhões de euros em 2016 para 105,9 milhões de euros em 2017. As exportações para países Intra-UE rondaram os 40,8 milhões de euros em 2017, valor acima dos 34,5 milhões de euros contabilizados em 2016.

A Direção Regional de Estatística realça que o crescimento verificado ao nível das importações de bens foi transversal aos dois tipos de comércio, o intra e o extracomunitário. No primeiro caso, as importações atingiram os 122,9 milhões de euros no ano de 2017, 7,6 milhões de euros acima do contabilizado no ano precedente. Por sua vez, as aquisições feitas a países Extra-UE aumentaram de 13,4 milhões de euros em 2016 para 18,3 milhões de euros em 2017.

Recomendadas

Casas do Povo beneficiadas com 68 mil euros

O montante vai ser distribuídos por três Casas do Povo com o intuito de garantirem atividades de promoção do desenvolvimento económico, social, e cultural e ainda para proceder a obras de beneficiação na sede e na aquisição de equipamento para o bom funcionamento das instalações.

Madeira e Açores celebram protocolo bilateral para receber exposição de Catarina Branco

O protocolo estabelecido entre as regiões autónomas vai permitir que até junho de 2019 o Museu de Arte Contemporânea da Madeira tenha uma obra de Catarina Branco integrada na sua coleção.
Comentários