Madeira: Governo Regional decreta uso obrigatório de máscara em todos os espaços públicos a partir de agosto

O uso de máscaras já era obrigatório na Madeira nos espaços fechados e nos transportes públicos.

O Governo Regional da Madeira acaba de decretar o uso obrigatório de máscara em todos os espaços públicos, abertos ou fechados, a partir de 1 de agosto.

O anúncio foi feito pelo Secretário Regional da Saúde, Pedro Ramos, em conferência de imprensa esta terça-feira à tarde, com o objetivo de anunciar novas medidas a implementar na Região no âmbito da pandemia Covid-19.

A exceção a esta medida é para as crianças até dez anos ou para pessoas incapacitadas de colocar e retirar a máscara sem assistência.

A fiscalização a esta medida será feita pelas forças de segurança, bem como pela ARAE (Autoridade Regional das Atividades Económicas).

Relativamente a coimas por incumprimento desta medida, o Secretário realça que o Executivo madeirense não vai “apostar muito” no uso das coimas.

“Achamos que esta é mais uma medida proativa que vai ao encontro de uma cultura de rigor que tem seguido as decisões do Governo Regional na abordagem à pandemia e pensamos que todos nós vamos acatar esta decisão, até porque todos nós temos responsabilidade em prol da defesa da saúde pública da Região Autónoma da Madeira (RAM)”, salienta.

O uso de máscaras já era obrigatório na Madeira nos espaços fechados e nos transportes públicos.

[Atualizado às 20h]

Recomendadas

Marques Mendes: “Comissão Técnica vai dar parecer positivo à vacinação de crianças entre os 5 e os 11 anos”

“A Comissão Técnica de Vacinação esteve reunida esta tarde e nas próximas horas será conhecida a sua posição. A recomendação global é para que avance a vacinação das crianças destas idades com uma dose mais pequena, uma dose pediátrica”, realçou o comentador.

DGS recomenda uso de máscaras em bares e discotecas sempre que possível

Em resposta a uma pergunta enviada pela Agência Lusa, a DGS esclareceu que na orientação que define as regras aplicáveis a bares e discotecas, apenas prevê a utilização obrigatória de máscara pelos respetivos trabalhadores, mas “recomenda a utilização de máscara comunitária certificada ou máscara cirúrgica na comunidade, em todos os espaços interiores, sempre que possível (designadamente, no caso concreto, quando os respetivos utilizadores não se encontrem a dançar ou a beber)”.

Covid-19: Madeira prevê começar a vacinar crianças no próximo dia 14

“As vacinas [destinadas a vacinar crianças] chegam a 13 de dezembro, uma semana antes do previsto”, disse Pedro Ramos em conferência de imprensa destinada a fazer o balanço da situação epidemiológica da covid-19 na Madeira.
Comentários