Madeira: PCP diz que euro prendeu Portugal à estagnação e austeridade

O PCP considerou que o euro deixa Portugal a viver “abaixo das nossas possibilidades” e limita a capacidade do país de “decidir de forma soberana políticas” que tenham em conta as nossas possibilidades.

Créditos: Élvio Fernandes

No debate ‘A Região Autónoma da Madeira na União Europeia’, que decorreu na Assembleia da Madeira, o PCP afirmou que o euro prendeu Portugal à estagnação e austeridade. Os comunistas defenderam uma Europa de cooperação, que aposte mais na coesão e no aumento dos fundos europeus.

O deputado do PCP, Ricardo Lume, considerou que o euro deixa Portugal a viver “abaixo das nossas possibilidades” e limita a capacidade do país de “decidir de forma soberana políticas” que tenham em conta as nossas possibilidades.

Ricardo Lume sublinhou que na resposta à pandemia do coronavírus covid-19, a proposta de fundos estruturais e de investimento da Comissão Europeia contém os mesmos recursos e nalguns casos desvia verbas de outros programas.

O deputado do PCP reforça que a Comissão Europeia acentua um caminho de “continuidade e de diminuição” do peso da política de coesão no Orçamento Europeu. “Precisamos de mais coesão e de fundos europeus”, defendeu o deputado comunista.

Durante o debate sobre a Madeira na União Europeia, Ricardo Lume vincou que a situação que se vive no país é profundamente influenciada pela União Europeia e pelo euro.

Ricardo Lume disse ainda que as políticas de direita levada a cabo por PS, PSD e CDS-PP, convergiram na destruição da produção nacional, no assalto a setores estratégicos da economia que estão agora nas mãos do setor privado, no subfinanciamento e encerramento de serviços públicos, na precariedade laboral, e no comprometimento da independência e soberania nacional.

Ler mais
Recomendadas

Teresa Gonçalves Lobo marca presença em “Diálogos Cruzados” na Galeria Marca de Água

A exposição dedicada à interpretação e mediação dos universos no feminino pretende desconstruir narrativas historiográficas, valorizando os percursos e obras das mulheres artistas e estabelecendo “diálogos cruzados” com obras de referência internacional.

Restaurante Galáxia SkyFood apresenta nova carta

O restaurante abriu com uma carta simples e segura, mas durante a paragem provocada pela pandemia os chefs decidiram inovar e criar uma nova carta, que, no entanto, mantém alguns pratos da carta antiga.

Covid-19: Madeira mantém 23 casos ativos

“Durante o dia de hoje, foram identificadas mais três situações que se encontram em estudo pelas autoridades de saúde”, refere o boletim epidemiológico do IASAÚDE, acrescentando tratarem-se de “viajantes identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio da covid-19 do Aeroporto da Madeira”
Comentários