Madeira quer fundos comunitários para tecnologia e inovação na agricultura

Verbas comunitárias seriam canalizadas para melhorar a rentabilidade da produção e aumentar a qualidade do produto.

A Madeira quer fundos comunitários, no próximo quadro de apoio, para a tecnologia e inovação na produção, de modo a melhorar a rentabilidade da produção e aumentar a qualidade da banana, assegurou Miguel Albuquerque, presidente do executivo madeirense, durante uma visita a uma exploração agrícola na Ribeira Brava.

O governante quer também que existam fundos comunitários para formação de empresários. Albuquerque disse ainda que as negociações em torno do próximo quadro de apoio, para os fundos comunitários, têm corrido bem.

Contudo o presidente do executivo madeirense disse que uma redução no POSEI “não deixa de ser estranho” e apelou a que isso seja retificado.

Recomendadas

Universidade da Madeira inaugura supercomputador ZARCO

No que diz respeito a recursos computacionais, o ZARCO irá colocar a equipa de investigação em pé de igualdade, ou até numa situação privilegiada, em relação às equipas de investigação de topo nas áreas de atuação pretendidas.

Políticas de Igualdade do Funchal reconhecidas a nível nacional

Este prémio visa distinguir as boas práticas dos Municípios na promoção da igualdade entre mulheres e homens, na prevenção e combate à violência contra as mulheres e a violência doméstica, e na prevenção e combate à discriminação em razão da orientação sexual, identidade e expressão de género.

Porto do Funchal recebe escala de cruzeiro após sete meses de fecho e perdas de três milhões de euros

A retoma da atividade arranca no sábado, com a escala do SeaDream I, um navio com 108 metros de comprimento e capacidade para 112 passageiros e 95 tripulantes, operado pela empresa SeaDream Yacht Club, com registo em Nassau, Bahamas.
Comentários